Descrição de chapéu Obituário Fernando Luiz Oliveira de Araújo (1979 - 2020)

Mortes: Batalhou, vendeu lanches e realizou seus sonhos

O advogado Fernando Luiz Oliveira de Araújo pagou parte dos seus estudos com a venda de lanches

São Paulo

Impregnada na vida de Fernando Luiz Oliveira de Araújo estava a ideia de que a morte é o evento menos importante em todos os ciclos da existência.

Ele valorizou cada minuto da sua vida, assim como fez com a família, amigos, trabalho, estudo e a cidade onde nasceu, Franco da Rocha (Grande SP).

O amigo Ronan Teodozo Nunes, 30, sócio do escritório de advocacia que mantinham juntos, conta que Fernando sentia orgulho da cidade onde morava e repetia a informação até quando ia ao tribunal fazer júri.

Fernando Luiz Oliveira de Araújo (1979-2020)
Fernando Luiz Oliveira de Araújo (1979-2020) - Arquivo pessoal

Fernando começou a trabalhar aos 12 anos com venda de lanches. Realizou o sonho de ser advogado graças a essa atividade.

"Ele amava o direito. Pagou o colégio no ensino médio até o segundo ano da faculdade com o dinheiro que ganhou vendendo lanches. Depois, prestou concurso na Fundação Casa e começou a trabalhar lá", relata Ronan.

As famílias de Ronan e Fernando eram amigas, o que deu força para que os dois continuassem a bonita relação nascida em 2010, numa igreja.

Fernando passou por um transplante de rim em janeiro deste ano e o doador foi o amigo Ronan. Ambos estavam juntos em todas as atividades.

"Consegui levá-lo para a academia. Ele fez musculação, natação e até participou de corrida. Nossa relação era de irmão, mas ele era meu filho de 40 anos", diz Ronan.

O escritório de advocacia também servia como consultório de psicologia. Fernando gostava de dar conselhos aos clientes.

"Muitas vezes, o cliente até desistia da ação após receber os conselhos dele. Com amor e carinho, Fernando dedicou-se a servir", afirma Ronan.

Fernando Luiz Oliveira de Araújo morreu dia 14 de março, aos 40 anos, de infarto.

coluna.obituario@grupofolha.com.br

Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missa

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.