Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
26/05/2010 - 15h10

SP amplia fiscalização contra o comércio ilegal nas zonas sul, norte e oeste

Publicidade

DE SÃO PAULO

A fiscalização do comércio irregular de ambulantes na cidade de São Paulo será ampliada para áreas dos bairros de Santana, Vila Mariana, Pinheiros, Lapa e Casa Verde. A informação foi anunciada pelo prefeito Gilberto Kassab (DEM) na manhã desta quarta-feira durante vistoria da fiscalização na região da rua 25 de Março, no centro da cidade.

Além das novas áreas, as regiões da Sé, Mooca e Santo Amaro, que já contam com as fiscalizações, terão a atuação dos fiscais ampliadas. "A partir a próxima segunda-feira (31), teremos 1.270 homens da Polícia Militar nesta Operação Delegada. Ela engloba oito subprefeituras, totalizando quase 100 localidades da cidade. E vamos continuar ampliando essa iniciativa", afirmou Kassab.

Iniciada em dezembro de 2009, a operação contava com cerca de 250 policiais militares para fiscalizar a rua 25 de Março e adjacências. Posteriormente, a iniciativa foi estendida para largo 13 de Maio, em Santo Amaro e para o Largo da Concórdia. Já em abril deste ano, a operação chegou à rua José Paulino e imediações.

Segundo dados da prefeitura, são apreendidos por dia, em média, 400 sacos de mercadorias contrabandeadas. A prefeitura destaca ainda que desde o início das operações, os roubos de carga caíram 91%, os roubos diminuíram 59% e o furto de objetos caiu 20%, além disso, houve diminuição de 29% no furto de veículos.

Os policiais militares que participam da operação fazem esse trabalho no horário de folga. Segundo a prefeitura, os PMs podem trabalhar até 96 horas por mês na operação, recebendo R$ 12,33 por hora para os praças e de R$ 16,45 por hora para os oficiais.

Veja locais que terão fiscalização

O novo convênio inclui fiscalização na rua Domingos de Moraes, avenida Jabaquara, rua Pedro de Toledo, rua Borges Lagoa, estações do metrô e hospitais (Vila Mariana); ruas Cardeal Arcoverde e Teodoro Sampaio, Largo da Batata (Pinheiros); rua 12 de Outubro e estação Barra Funda do Metrô (Lapa); avenida Parada Pinto e imediações do Centro de Tradições Nordestinas (Casa Verde); e rua Voluntários da Pátria (Santana).

As operações serão intensificadas na rua 25 de Março (Sé), Largo da Concórdia (Mooca), José Paulino (Sé) e Largo 13 de Maio (Santo Amaro) e ainda contemplará o entorno da Santa Ifigênia, Florêncio de Abreu e Centro Velho (Sé) e rua Oriente (Mooca).

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página