Fórum sobre o futuro da filantropia reúne lideranças mundiais

"Novo horizontes" é o tema do Fórum Brasileiro de Filantropos e Investidores Sociais 2020, realizado pelo Idis

São Paulo

Ocorre nesta quinta (17) e sexta-feira (18), de forma virtual, o Fórum Brasileiro de Filantropos e Investidores Sociais 2020, evento realizado pelo Idis (Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social) que visa analisar e discutir a filantropia e o investimento social no país.

Tradicionalmente um evento exclusivo para convidados, nesta edição o fórum terá duas sessões abertas ao público, que serão transmitidas pelo YouTube.

Com o tema “Novos horizontes - reflexões para uma filantropia pós-pandemia”, o fórum conta com mais de 30 palestrantes e vai abordar o papel e a reconfiguração da filantropia no cenário atual.

Paula Fabiani, diretora-presidente do Idis (Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social), durante o Fórum Brasileiro de Filantropos e Investidores Sociais 2019
Paula Fabiani, diretora-presidente do Idis (Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social), durante o Fórum Brasileiro de Filantropos e Investidores Sociais 2019 ORG XMIT: 8EOkwRjyAZOLngGd463S - Facebook/Reprodução

A pandemia da Covid-19 intensificou o crescimento da filantropia e o fortalecimento da percepção, pela sociedade, da importância de uma cultura de doação. Passados quase 6 meses do início da crise, o volume de doações diminuiu, apesar de as incertezas continuarem.

Neste ano, a agenda do fórum foi criada com o apoio de especialistas, que enviaram perguntas que inspiraram o desenvolvimento da programação, que está disponível no site do evento.

Entre os assuntos estão fundos patrimoniais, blended finance, filantropia comunitária e avaliação de impacto.

Uma sessão discutirá também os desafios da Agenda 2030 da ONU e seus Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODSs).

O evento será acompanhado por um facilitador gráfico, que fará a colheita dos principais assuntos abordados em cada uma das sessões. O resultado será uma síntese visual da experiência, um quadro com palavras-chave, metáforas e esquemas, que será disponibilizado aos participantes ao final de cada dia.

Entre os palestrantes confirmados estão o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, a filantropa e fundadora do Instituto Galo da Manhã, Beatriz Bracher, o presidente do conselho de administração da Droga Raia/Drogasil, Antônio Carlos Pipponzi, o representante do BID no Brasil, Morgan Doyle, a vice-presidente sênior do Itaú Unibanco, Claudia Politanski, o CEO da Gerando Falcões, Edu Lyra, a fundadora dos Amigos do Bem, Alcione Albanesi, e o diretor-executivo da Fundação Ford, Átila Roque.

Participam ainda um grupo de especialistas internacionais: o CEO do Global Philanthropy Forum, Philip Yun, o autor do livro Philanthrocapitalism, Matthew Bishop, e o diretor de relações externas e engajamento global da Caf (Charities Aid Foundation), Michael Mapstone.

“O ano de 2020, irremediavelmente, será um marco na vida de todos nós,
nos quatro cantos do mundo. Nesta edição, reunimos mais uma vez a comunidade filantrópica para olhar aos novos horizontes que se descortinam, com desafios, mas também com inúmeras oportunidades e caminhos a serem trilhados” , afirma a diretora-presidente do Idis, Paula Fabiani.

O Fórum Brasileiro de Filantropos e Investidores Sociais é realizado pelo Idis (Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social) com o Global Philanthropy Forum. Consolidou-se como um espaço para a comunidade filantrópica se reunir, trocar experiências e aprender com seus pares, fortalecendo a filantropia estratégica para a promoção do desenvolvimento da sociedade brasileira.

O evento já reuniu mais de mil participantes, entre eles filantropos, líderes e especialistas nacionais e internacionais.

Em 2020, realiza sua nona edição. São parceiros ouro Fundação José Luiz Egydio Setubal e Santander, e parceiros bronze Bid (Banco Interamericano de Desenvolvimento), BNP Paribas Asset Management, Bradesco, Instituto ACP, Mattos Filho Advogados e Movimento Bem Maior.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.