Descrição de chapéu Coronavírus

Brasil ultrapassa a China em número de casos de coronavírus e é o 10º no ranking mundial

País registrou 7.218 novos casos confirmados e 435 novas mortes nas últimas 24 h

Brasília

O Brasil registrou 435 novas mortes e 7.218 novos casos confirmados de coronavírus nas últimas 24 horas, segundo boletim do Ministério da Saúde.

É o maior número de novos casos em um dia —o recorde anterior era de quarta-feira, 6.276.

Agora, o país tem ao todo 5.901 óbitos e 85.380 casos. Com isso, ultrapassou a China também em número de pessoas infectadas e é o 10º no ranking. O país asiático tem 83.944 casos confirmados, segundo a Universidade Johns Hopkins, nos EUA, que monitora a pandemia.

O Brasil já tinha passado a China, onde o vírus surgiu, em número total de mortes na terça-feira (28). Naquele dia, o país bateu um novo recorde de mortes registradas em 24 horas, com 474 novas vítimas e tinha registrado 5.017 mortes por Covid-19.

Naquele mesmo dia, questionado sobre os números, o presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista na porta do Palácio da Alvorada: "E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Eu sou Messias, mas não faço milagre". Ele disse que cabia ao ministro da Saúde, Nelson Teich, explicar os números.

A China, que vê uma desaceleração na pandemia, registra desde então 4.637 mortos.

Os números divulgados nesta quinta-feira (30) apontam um aumento de 9% no total de casos registrados do novo vírus e 8% no total de óbitos.

Teich não descartou que o Brasil chegue ao patamar de registrar em torno de mil mortes por dia, caso a tendência de forte alta seja mantida.

A declaração ocorreu ao responder perguntas sobre projeções como do Imperial College, que prevê possibilidade de aumento no número de mortes no país em relação aos parâmetros atuais.

“Em relação ao possível número de mortes, como a gente está hoje perto de 500 mortes, foram 435 hoje, um número de mil, se a gente ainda tiver num movimento, num crescimento significativo da pandemia, é um número que é possível de acontecer. Isso não quer dizer que vai acontecer”, afirmou.

São Paulo se mantém como a unidade da federação mais atingida, com números muito acima dos demais. O estado mais populoso do país agora tem 28.698 casos da Covid-19 e 2.375 mortes.

Em relação ao total de óbitos, aparece na sequência o Rio de Janeiro, com 854 mortes; Pernambuco, com 565; Ceará, com 482; e Amazonas, com 425.

O Rio de Janeiro também é o segundo em relação ao total de casos, com 9.453. Na sequência aparecem Ceará, com 7.606; Pernambuco, com 6.876; e Amazonas, com 425.

Segundo a secretária de gestão em trabalho na saúde, Mayra Pinheiro, a pasta deve levar a Manaus 581 profissionais de saúde para ajudar no atendimento a pacientes com novo coronavírus, sobretudo em UTIs. O grupo deve passar por treinamento no estado.

O Amazonas é hoje o estado com maior incidência de casos da Covid-19 no país, seguido do Amapá, Ceará e Pernambuco.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.