Descrição de chapéu Coronavírus trânsito

Apesar da fase emergencial, lentidão no trânsito de SP aumenta

Índice de isolamento é o mesmo da semana passada

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A implementação da fase emergencial, que impõe toque de recolher e restringe serviços essenciais, e o aumento gradativo das taxas de ocupação dos leitos de UTIs por pacientes com Covid-19 não aumentaram a taxa de isolamento social em São Paulo nesta segunda-feira (22).

De acordo com dados do governo paulista, o índice de isolamento ficou em 43%, mesma taxa da segunda-feira passada, Na semana anterior, o índice registrado foi de 42%.

No domingo esse número também se manteve estável, com 51% contra 50% do domingo passado. Na semana anterior o valor também era de 51%.

O governo calcula a taxa de isolamento social por meio dos dados das operadoras Claro, Oi, Tim e Vivo. O sistema registra o deslocamento do telefone celular durante o dia em relação ao local onde esteve pela noite. Se ultrapassar cerca de 200 metros ele entende que o usuário saiu de casa.

Enquanto isso, os hospitais estão cada vez mais lotados. Nesta segunda-feira, 92,3% dos leitos de UTI dedicados para pacientes com Covid-19 estão ocupados no estado. Na Grande São Paulo, a ocupação é de 91,7%. Na semana passada a lotação era de 89,9% no estado.

A taxa de ocupação dos leitos de enfermaria é de 82,3% no estado e de 87,8% na Grande São Paulo. Na segunda passada o índice era de 76,7% no estado e 84% na região metropolitana da capital.

Apesar da fase mais dura, houve um leve aumento no trânsito da cidade. As restrições também tiveram pouco efeito sobre os ônibus da capital.

Segundo dados da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), a média foi de 15 quilômetros de lentidão nesta segunda-feira. Na segunda passada, a média foi de 13 quilômetros. Na semana anterior a lentidão foi maior, com 28 quilômetros.

Nesta segunda e na semana passada, o volume de veículos circulantes na cidade foi de 4 milhões. Na segunda anterior foi de 5,6 milhões.

Já entre as pessoas transportadas nos ônibus da SPTrans, foram aproximadamente 1,46 milhão nesta segunda-feira contra 1,5 milhão na segunda passada. Na semana anterior foram 1,69 milhão. Nos três dias foram usados 11.308 ônibus.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.