Palmeiras e São Paulo tentam fugir de má fase

Treinadores buscam soluções em seus elencos para acertar equipes após fiascos

São Paulo

Palmeiras e São Paulo buscam neste domingo (22) deixar para trás a má fase que assola ambos.

O clube alviverde, sem vencer há três jogos, pega o Internacional no Pacaembu, e o tricolor, recém-eliminado da Copa do Brasil, visita o Ceará. As duas partidas acontecem às 16h, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Palmeiras

Internacional

16h, Pacaembu
Na TV: Pay-per-view

A derrota para o arquirrival Corinthians em sua arena, na polêmica final do Campeonato Paulista, parece ter mexido com o time palmeirense.

Depois do revés em casa, a equipe desperdiçou pontos importantes em razão dos empates em 1 a 1 contra o Boca Juniors, pela Libertadores, e Botafogo, pelo Brasileiro.

Os fatores em comum nesses dois resultados: o Palmeiras saiu na frente, mas sofreu o empate com duas falhas individuais dos zagueiros Antônio Carlos e Thiago Martins.

Ciente da má fase da dupla de defensores, num momento em que a torcida começa a reclamar mais do que o habitual, o técnico Roger Machado vai escalar o experiente Edu Dracena, 36, que neste ano jogou apenas 45 minutos, na vaga de Thiago Martins.

"O Edu me dá a experiência dele, a capacidade, nesses momentos de ambiente externo de pressão, de ter o time mais equilibrado", disse Roger durante entrevista.

O defensor fez uma pré-temporada estendida devido à idade e ao histórico de lesões.

Outra possível mudança pode ser a entrada de Moisés no lugar do meia Lucas Lima. O jogador vem rendendo abaixo do esperado e tem desagradado o treinador, que não confirma sua saída da equipe.

Guerra vinha com chances de ficar com a vaga, após entrar bem contra Boca Juniors, quando deu uma assistência, e Botafogo, quando fez um gol. Mas o atleta se machucou em treino na semana ao dividir uma bola com Michel Bastos.

O técnico Roger Machado vai escalar o experiente Edu Dracena, 36 - Rubens Cavallari - 24.mar.18/ /Folhapress,

Ceará

São Paulo

16h, Castelão
​Na TV: Globo

O São Paulo, apesar de ter vencido o Paraná na estreia do Brasileiro, faz uma temporada abaixo da expectativa.

O clube tricolor foi eliminado pelo Atlético-PR na Copa do Brasil --torneio que nunca venceu e que era o objetivo no ano pela premiação de R$ 50 milhões-- na última quinta (19), no estádio Morumbi.

Na ocasião, o time fazia bom primeiro tempo, quando vencia por 2 a 0 --placar suficiente para a classificação após derrota na ida por 2 a 1--, mas caiu de rendimento na segunda etapa e levou o empate.

Para o jogo contra o Ceará, no domingo, o técnico Diego Aguirre poderá contar com a estreia do meia Everton. Contratado do Flamengo, o jogador consta no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF e está convocado para o jogo. 

Aguirre ainda não confirmou os titulares, mas Everton deve iniciar no banco. O treinador também faz mistério se irá armar uma formação com dois ou três zagueiros.

Com a chegada do atleta, ex-Flamengo, quem deve perder mais espaço no time é Diego Souza, que não foi relacionado para a partida. 

O meia-atacante, um dos principais reforços no ano, não vive boa fase no Morumbi, e o Vasco mostrou interesse em contratá-lo.

Bons resultados nesta e nas próximas duas rodadas --Fluminense, fora, e Atlético-MG, em casa-- podem dar ao clube confiança necessária para o jogo de volta contra o Rosário Central (ARG) , no Morumbi.

Após empate em 0 a 0 na Argentina, a equipe tricolor precisa vencer pelo placar mínimo para passar direto e evitar eliminação na Sul-Americana.

O técnico Diego Aguirre faz mistério e não divulga titulares - Agustin Marcarian 12.abr.2018/Reuters
Erramos: o texto foi alterado

Diferentemente do informado na programação de TV, o jogo entre Palmeiras e Internacional será feito no Pacaembu, não no Allianz Parque

 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.