Americana de 15 anos derrota Venus Williams, 39, em Wimbledon

Cori Gauff é a mais jovem a vencer na chave principal do torneio desde 1991

São Paulo

Na semana passada, a americana Cori ​Gauff, 15, fazia em Londres uma prova de ciências da escola onde estuda na Flórida. No dia seguinte, ela entraria em quadra para disputar —e vencer— o último jogo do torneio qualificatório de Wimbledon.

Nesta segunda (1º), a adolescente estreou na chave principal com vitória sobre a compatriota Venus Williams, 39, por 2 sets a 0 (duplo 6/4).

Campeã do torneio juvenil de Roland Garros no ano passado, Gauff nunca havia disputado uma partida profissional de Grand Slam. Número 273 do ranking, ela recebeu um convite para disputar o qualificatório e aproveitou, emendando três vitórias que à levaram ao evento principal.

Venus, por sua vez, venceu Wimbledon cinco vezes (2000, 2001, 2005, 2007 e 2008), duas delas antes de Gauff nascer, em 13 de março de 2004. Os outros dois títulos de simples em Grand Slam da ex-número 1 do mundo, conquistados no US Open, também antecedem o nascimento da jovem.

"Eu falei para ela: obrigado por tudo o que você fez. Eu não poderia estar aqui sem você. Sempre quis dizer isso para ela", afirmou Gauff após o jogo.

Ela é a tenista mais nova a vencer uma partida na chave principal feminina desde a americana Jennifer Capriati, em 1991.

Venus e Serena Williams costumam ser citadas por Gauff como inspiração para a sua carreira. Recentemente, seu pai e treinador, Corey Gauff, falou ao The New York Times sobre a importância do legado das irmãs para a jovem.

"A família Williams em geral me fez perceber que isso é possível. Não existia muita cor no esporte e, particularmente em nosso país, garotas afro-americanas não jogavam tênis", disse.​

A vitória desta segunda é mais um feito precoce da adolescente, que há dois anos se tornou a mais jovem a alcançar a final juvenil do US Open. Ela é agenciada pela Team8, empresa fundada por Roger Federer, e possui contratos de patrocínio com as empresas New Balance e Barilla.

A adversária de Gauff na segunda rodada será a eslovaca Magdalena Rybarikova.

O primeiro dia de Wimbledon foi marcado por outras zebras, como as derrotas do grego Stefanos Tsitsipas (sétimo cabeça de chave) para o italiano Thomas Fabbiano, por 3 sets a 2, e do alemão Alexander Zverev (sexto cabeça de chave) para o tcheco Jiri Vesely, por 3 a 1.

Segunda favorita da chave feminina, a japonesa Naomi Osaka foi eliminada por Yulia Putintseva, do Cazaquistão, por 2 sets a 0.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.