Descrição de chapéu Campeonato Brasileiro

Oswaldo de Oliveira é o novo técnico do Fluminense

Essa será a terceira passagem do treinador de 68 anos pelo time das Laranjeiras

São Paulo

O Fluminense anunciou na noite desta terça (20) a contratação do técnico Oswaldo de Oliveira. Conhecido da torcida tricolor, Oswaldo será apresentado na próxima segunda (26) e dará início a sua terceira passagem no clube carioca.

Ele chega ao clube nesta quarta, viaja com o elenco para o duelo com o Corinthians, pela Copa Sul-Americana, na quinta, mas caberá ao auxiliar Marcão dirigir o time em São Paulo. Sua apresentação está marcada para a próxima segunda (26).

Desde maio, Oswaldo estava sem clube depois de ser demitido do Urawa Red Diamonds, do Japão. Seu último trabalho no Brasil foi no Atlético-MG, em que acabou demitido em fevereiro de 2018 após xingamentos contra um repórter.

Oswaldo de Oliveira treinou vários clubes no Brasil, principalmente no eixo Rio-São Paulo. - Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

A missão, dessa vez, é ajudar o Fluminense a deixar a zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O time é apenas o 18º colocado, com 12 pontos em 15 jogos (aproveitamento de 26%) e possui a segunda pior defesa da competição (25 gols sofridos).

Na primeira passagem dele pela equipe das Laranjeiras, entre 2000 e 2001, foi semifinalista do Campeonato Brasileiro. No entanto, em 2006, deixou o clube e culpou a Unimed, parceira do Fluminense na ocasião, por tentar influenciar na escalação.

Oswaldo vai substituir Fernando Diniz, demitido na segunda após a derrota para o CSA. Diniz comandava o time das Laranjeiras desde o começo deste ano. Em 44 jogos, ele obteve 18 vitórias, 11 empates e 15 derrotas.

Com 68 anos, Oswaldo surgiu para o futebol como auxiliar-técnico de Vanderlei Luxemburgo no Corinthians em 1998. Um ano depois, com a ida de Luxemburgo para seleção brasileira, ele estreou como treinador e logo foi campeão paulista, brasileiro e mundial.

O técnico dirigiu os quatro grandes clubes de São Paulo  (Palmeiras, São Paulo e Santos, além do Corinthians) e também do estado do Rio de Janeiro (Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco).​

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.