África do Sul vence a Inglaterra e é tricampeã mundial de rúgbi

Com conquista, país empata com a Nova Zelândia como maior vencedor da competição

São Paulo

São Paulo A África do Sul venceu a Inglaterra por 32 a 12 na manhã deste sábado (2) e ficou com o título da Copa do Mundo de rúgbi, disputada no Japão.  É a terceira vez que o país conquista o Mundial —também o fez em 1995 e 2007.

Dominante na partida, a equipe africana só permitiu que seus adversários marcassem pontos a partir de cobranças de pênalti.

Jogadores sul-africanos comemoram conquista do Mundial de rúgbi do Japão
Jogadores sul-africanos comemoram conquista do Mundial de rúgbi do Japão -  Anne-Christine Poujoulat/AFP

O resultado pôs fim a uma campanha surpreendente da Inglaterra, que era o único país invicto na competição e havia eliminado a favorita Nova Zelândia nas semifinais. O país da Oceania até então detinha 18 vitórias consecutivas em jogos de Mundial. Foi campeão nas edições de 2011 e 2015.

Neste ano, ficou em terceiro lugar, após vencer, na sexta-feira (1º), o País de Gales na disputa pela posição por 40 a 17.

Com o resultado deste sábado, a África do Sul iguala justamente os neozelandeses que, além do bicampeonato nas últimas edições, conquistaram competição em 1987, no posto de países que mais ganharam o torneio. 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.