Descrição de chapéu Futebol Feminino

Corinthians apaga decepção de 2019 e conquista o Brasileiro Feminino

Alvinegras derrotam Avaí-Kindermann por 4 a 2 neste domingo para ficar com o bi

São Paulo

O Corinthians apagou a frustração do ano passado e conquistou o título do Campeonato Brasileiro Feminino. Neste domingo (6), a equipe paulista derrotou o Avaí-Kindermann por 4 a 2 na Neo Química Arena e ficou com o troféu pela segunda vez em sua história.

Jogadoras do Corinthians se jogam no gramado para comemorar o segundo gol na final do Brasileiro
Jogadoras do Corinthians se jogam no gramado para comemorar o segundo gol na final do Brasileiro - Rodrigo Coca/Divulgação Corinthians

Em 2019, o Corinthians também havia chegado à final, sustentando longa invencibilidade, mas acabou derrotado nos pênaltis pela Ferroviária. A partida foi realizada no no Parque São Jorge, onde as corintianas geralmente mandam as suas partidas. O primeiro título havia sido conquistado em 2018, diante do Rio Preto.

O Kindermann repetiu seu melhor desempenho. Tinha sido vice também em 2014.

É a segunda vez que a equipe feminina do Corinthians é campeã na sua arena. A primeira havia acontecido no Paulista do ano passado, contra o São Paulo, em jogo que reuniu mais de 28 mil torcedores. Em 2020, o time ganhou todos os jogos que disputou em seu estádio.

Venceu o Grêmio por 2 a 1 nas quartas de final do Brasileiro e fez 3 a 0 no Palmeiras pela semi. Pelo Estadual, já havia goleado o Taubaté por 4 a 0. Nenhum desses confrontos teve presença de público, por causa da pandemia.

A taça foi obtida neste domingo apesar dos três desfalques do time de Arthur Elias. Andressinha, Juliete e Pâmela estão com Covid-19.

Depois do empate em 0 a 0 na primeira partida da final, em Santa Catarina, o Kindermann iniciou melhor a partida na arena e poderia ter aberto o placar aos seis minutos, em um chute de fora da área de Duda. Mas a partir daí, o Corinthians tomou conta da partida. Com mais intensidade e jogadas em velocidade pelas laterais, começou a criar oportunidades.

No espaço de quatro minutos, o time da casa fez dois gols e encaminhou o título. Aos 29, Gabi Nunes aproveitou desvio em escanteio para completar para a rede. A goleira Bárbara, titular da seleção brasileira na Copa do Mundo em 2019, falhou na saída após cobrança de escanteio e Gabi Zanotti ampliou.

Em alguns momentos houve a sensação de que o Corinthians poderia até golear, mas o Kindermann descontou logo depois do intervalo com Zoio, de cabeça, e tentou ir para cima. No contra-ataque, Gabi Zanotti fez o terceiro das paulistas para passar a impressão que a vitória estava selada.

A necessidade das visitantes de ir ao ataque deixou o jogo aberto, e Lelê fez o segundo das catarinenses aos 33, após belo passe de Bruna.

Mas como já havia acontecido antes, o gol do Kindermann, em vez de impulsioná-lo, fez o adversário reagir. Vic Albuquerque anotou o quarto para, enfim, não deixar dúvidas quanto à conquista corintiana no Campeonato Brasileiro, a segunda na história do clube.

Gabi Nunes celebra o primeiro gol na final do Campeonato Brasileiro
Gabi Nunes celebra o primeiro gol na final do Campeonato Brasileiro - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.