Descrição de chapéu Campeonato Brasileiro 2020

Do topo à queda, Fla x Corinthians e Vasco x Inter ditam rumos do Brasileiro

Par de jogos no Rio às 16h deste domingo é decisivo nos três patamares da tabela

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A programação do Campeonato Brasileiro tem na faixa das 16h deste domingo (14) um par de jogos no Rio de Janeiro com ramificações nas três principais arenas de batalha da tabela.

A luta pelo título, a briga pelas vagas restantes na Copa Libertadores e a fuga do rebaixamento serão diretamente afetadas por Vasco x Internacional e Flamengo x Corinthians.

Inter e Flamengo são os dois primeiros colocados e grandes concorrentes ao troféu. O Corinthians começou a rodada –a 36ª de um total de 38– fechando a zona de classificação ao principal torneio sul-americano, em oitavo lugar. O Vasco, em 17º, abre o grupo dos quatro últimos e rema para evitar mais uma participação na Série B.

Esse ordenamento poderá estar mais bem consolidado ou bastante modificado ao fim de uma jornada de grande importância na reta final da temporada. Sabem bem disso os atletas do Flamengo, que, mesmo em uma campanha de altos e baixos, veem a possibilidade de defender com êxito o título de 2019.

O Flamengo, de Filipe Luís, quer a liderança; o Corinthians, de Cássio, busca uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores - Amanda Perobelli - 18.out.20/Reuters

Apenas um ponto atrás do Inter, eles vão encarar o Corinthians, no Maracanã, dispostos a assumir a primeira posição ou ao menos pôr pressão no líder. Rogério Ceni, que teve múltiplos duelos com o time alvinegro em seus tempos de goleiro do São Paulo, espera derrubar o velho rival para se ver perto de seu primeiro título nacional como treinador.

“Cada jogo é uma final”, disse o meia Arrascaeta, repetindo o que ouviu do comandante. “Nenhum time está afastado dos demais na frente. Nosso foco é vencer o Corinthians e caprichar nos últimos três jogos. São momentos em que não podemos oscilar.”

O adversário vive outra briga, mas também vê o confronto com bastante importância. A equipe do Parque São Jorge iniciou o fim de semana liderando o que se desenhou como a disputa pela última vaga na Libertadores, mas com vários concorrentes: Red Bull Bragantino, Athletico, Santos, Ceará e Atlético-GO.

Para se manter à frente desses oponentes, o Corinthians precisa de uma atuação bem diferente da registrada no confronto com o Flamengo no primeiro turno. Na ocasião, em Itaquera, ainda no início do trabalho do técnico Vagner Mancini, o time levou 5 a 1 da formação carioca, à época dirigida por Domènec Torrent.

“Era meu segundo jogo apenas, eles tinham outro treinador, era outro momento. Tiramos lições de todos os jogos, claro. Depois daquele jogo, a gente se sentou e analisou algumas situações. De lá para cá, encontramos maneiras de tornar a equipe mais forte”, disse Mancini.

O duelo no Maracanã terá transmissão da TV Globo para todo o país, menos para o Rio Grande do Sul. Para o público gaúcho, a emissora exibirá a partida entre Vasco e Inter, no estádio de São Januário, mais uma que é importantíssima na luta pelo título, mas não apenas para a faixa de cima da tabela.

O atacante Yuri Alberto é uma das armas do Internacional, que tenta proteger a primeira colocação do Campeonato Brasileiro - Diego Vara - 10.fev.21/Reuters

Derrotado por 3 a 0 pelo Fortaleza no meio da semana, o Vasco se viu na zona de rebaixamento e com a missão de encarar o primeiro colocado. O abatimento ficou claro após a dura derrota, algo que Vanderlei Luxemburgo tentou combater.

“A proposta é manter o time na Série A. A coisa não acabou. Precisamos ter consciência de que a coisa não acabou. Se tivermos isso em mente, teremos condições de manter o Vasco na Série A. Se acharmos que já fomos rebaixamos, não vai nem adiantar entrar em campo”, afirmou.

A formação cruzmaltina terá pela frente um rival em outro patamar na classificação, porém também abalado por uma dura derrota. Após uma sequência em que acumulou nove vitórias e um empate no Brasileiro, o Inter perdeu em casa para o Sport, outro ameaçado de degola. Era um jogo que poderia ter deixado o troféu bem mais perto.

“Nunca nos consideramos campeões, nunca pensamos que garantimos o campeonato. Mas não se esqueça de que ainda somos os líderes. O Inter só depende de si. Não depende de mais ninguém”, disse o treinador Abel Braga.

O problema é que o Flamengo também não depende de mais ninguém. A 37ª rodada do Brasileiro, no próximo final de semana, terá justamente um confronto entre rubro-negros e colorados, no Maracanã. Antes, eles procuram se concentrar em Corinthians e Vasco.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.