Descrição de chapéu Copa Libertadores 2021

Algoz na Recopa, Defensa y Justicia tem 15 desfalques por Covid contra Palmeiras

Time alviverde dispara na liderança do Grupo A da Libertadores se vencer nesta terça (4)

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Adversário do Palmeiras nesta terça (4), pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores, às 21h30, o Defensa y Justicia (ARG) não poderá contar com 15 jogadores no duelo após ser atingido por um surto de Covid-19 –SBT e Fox Sports transmitem o jogo, que será disputado na Argentina.

Os titulares Meza, Enzo Fernández, Pizzini e Romero estão entre os infectados. Além deles, os reservas Frías, Isnaldo, Rotondi, Paredes, Merentiel, Escalante, González, Amadé, Martínez, Juan Tomicich e Cannavo e sete membros da comissão técnica estão contaminados.

Com isso, o Defensa pode ter dificuldade para repetir a boa atuação no segundo jogo da decisão da Recopa Sul-Americana, disputada no dia 14 de abril, quando derrotou o Palmeiras por 2 a 1 e ficou com a taça após vitória nos pênaltis (4 a 3).

Técnico Abel Ferreira durante partida contra o Defensa y Justicia na decisão da Recopa Sul-Americana, em Brasília
Técnico Abel Ferreira durante partida contra o Defensa y Justicia na decisão da Recopa Sul-Americana, em Brasília - Ueslei Marcelino - 14.abr.21/Reuters

O Palmeiras terá a equipe considerada ideal pelo técnico Abel Ferreira, ainda que sem a presença de Viña, que cumpre o último jogo da suspensão imposta após a expulsão contra o próprio Defensa, na decisão jogada em abril.

O provável time que irá a campo tem Weverton, Luan, Gustavo Gómez e Renan; Marcos Rocha, Danilo, Patrick de Paula, Raphael Veiga e Victor Luis; Rony e Luiz Adriano.

Além do lateral esquerdo uruguaio, Abel ainda não poderá contar com Lucas Lima, em transição física depois de uma lesão coxa, Kuscevic, Breno Lopes e Gabriel Veron, todos em tratamento de lesões.

O Palmeiras lidera o Grupo A, com seis pontos em dois jogos, seguido pelo time argentino, o segundo, com quatro. Na sequência, aparecem o Independiente del Valle, do Equador, com um ponto, e o Universitario, do Peru, ainda zerado.

A boa campanha na Libertadores atenua a cobrança sobre o time alviverde, que corre o risco de ser eliminado precocemente na primeira fase do Campeonato Paulista.

A duas rodadas do fim da fase de grupos do Estadual, o elenco comandado por Abel Ferreira é o terceiro do Grupo C, com 15 pontos, atrás de Novorizontino (18) e Red Bull Bragantino (22). O Ituano é o lanterna, com 13.

Antes do encerramento da primeira fase, o Palmeiras terá o clássico com o Santos, em casa, e um duelo diante da Ponte Preta, em Campinas.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.