Tribalistas anunciam turnê por nove cidades brasileiras

Série de shows começa em julho em Salvador

Marisa, Brown e Arnaldo, do projeto Tribalistas, que lançou um novo álbum após um hiato de 15 anos
Marisa, Brown e Arnaldo, do projeto Tribalistas, que lançou um novo álbum após um hiato de 15 anos - Zô Guimarães/Folhapress
 

Depois de lançar um novo álbum no passado, 15 anos após sua estreia, os Tribalistas anunciaram nesta quarta (28) uma turnê por nove capitais brasileiras.

A série de shows começa em Salvador, no dia 28 de julho, na Arena Fonte Nova. O trio depois segue para o Rio (3 e 4 de agosto, no Marina da Glória), Recife (10 de agosto, Centro de Convenções), Fortaleza (11 de agosto, Centro de Formação Olímpica), São Paulo (18 de agosto, Allianz Parque), Porto Alegre (24 de agosto, Arena Beira Rio), Curitiba (25 de agosto, Pedreira Paulo Leminski), Brasília (1 de setembro, Arena Mané Garrincha) e, por fim, Belo Horizonte (7 de setembro, Esplanada do Mineirão). 

Haverá uma pré-venda de 5 a 9 de abril para quem se cadastrar, até as 11h do dia 4/4, no site www.eventim.com.br/tribalistas. Os demais ingressos serão vendidos a partir das 11h do dia 10 de abril no site www.eventim.com.br e nos pontos de venda oficiais.

O projeto de Marisa Monte, Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown, que fez sucesso em 2002, ganhou novo fôlego em agosto passado, quando o trio fez um anúncio da retomada em suas redes sociais. "Não é uma volta dos Tribalistas, nós sempre estivemos por aí", disse Arnaldo Antunes na ocasião.

Respondendo a perguntas de fãs, os artistas disseram acreditar que o novo trabalho tem "mais semelhanças do que diferenças" do que o primeiro. A equipe da gravação, inclusive, foi a mesma.

De fato, mesmo longe do projeto, Brown, Marisa e Arnaldo continuaram a colaborar em seus discos individuais.

Em entrevista à Folha no ano passado, Arnaldo definiu o novo trabalho como algo próximo de discos de colaboração, de muita tradição na música brasileira, "como Elis e Tom, Bethânia e Chico, Doces Bárbaros".

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.