Indicado ao Grammy, rapper Nipsey Hussle morre a tiros em Los Angeles

Outras duas pessoas ficaram feridas, de acordo com a polícia local

Nipsey Hussle durante apresentação antes de uma luta de boxe no Oracle Arena, em Oakland, nos EUA, em 2015 - Andrew Couldridge - 20.jun.2015/Reuters
Nova York | Reuters

O rapper Nipsey Hussle foi morto a tiros em frente a sua loja de roupas, chamada Marathon Clothin, em Los Angeles, nos EUA, neste domingo, segundo a imprensa local. Ele tinha 33 anos. 

Duas outras pessoas ficaram feridas no tiroteio, de acordo com o jornal Los Angeles Times, que ouviu fontes policiais.

Também de acordo com a publicação, Nipsey Hussle foi baleado várias vezes e levado às pressas para um hospital, onde foi declarado morto.

O Departamento de Polícia de Los Angeles afirmou que um tiroteio foi relatado por volta das 15h 20 (horário local), e que três vítimas foram transportadas para um hospital, onde um foi declarado morto.

"Não temos suspeitos neste momento e forneceremos mais detalhes quando tivermos informações disponíveis", escreveu o departamento na rede social Twitter.

Hussle, cujo nome verdadeiro era Ermias Asghedom, cresceu no sul de Los Angeles e costumava falar sobre estar em uma gangue de rua na adolescência, o que teria feito dele um líder comunitário. 

Seu álbum de estreia, "Victory Lap", foi indicado ao Grammy de Melhor Álbum de Rap neste ano —perdendo para Cardi B. com "Invasion of Privacy".

 

A notícia de sua morte repercutiu no meio artístico, e famosos publicaram homenagens a Nipsey Hussle em redes sociais.

"Isso não faz nenhum sentido! Meu espírito está abalado por isso! Querido Deus, que o seu espírito de descanse em paz. Conceda conforto divino a todos os seus entes queridos! Sinto muito que isso tenha acontecido com você, Nipsey Hussle", escreveu a cantora Rihanna no Twitter. 

Também no Twitter, o produtor Pharrell Williams afirmou que Nipsey Hussle era uma força positiva que inspirou milhões.

O músico Drake disse que ele e Nipsey Hussle planejavam gravar uma música no final do ano. "Você estava tendo a melhor corrida e eu estava tão feliz assistindo de longe", escreveu Drake na rede social Instagram. ​

 
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.