Bebel Gilberto explica por que moveu ação contra seu meio-irmão

Em publicação nas redes sociais, a filha de João Gilberto diz que sofria difamação

São Paulo

A cantora Bebel Gilberto fez uma publicação nas redes sociais para explicar o motivo pelo qual pediu proteção judicial contra seu meio-irmão João Marcelo, produtor musical que mora em Nova York.

Eles são filhos do ídolo da bossa nova, João Gilberto, que está sob interdição parcial desde o ano passado. Marcelo é filho da cantora Astrud Gilberto, de quem João se separou para se unir à cantora Miúcha, mãe de Bebel, que morreu em dezembro de 2018.

"Eu tentei, até onde foi humanamente possível, evitar um confronto judicial com João Marcelo, pelo fato de ele ser meu irmão e filho de meu pai", escreveu a cantora.

Ainda segundo a publicação no Instagram, a justiça "determinou que João Marcelo retirasse, imediatamente, todas as manifestações insidiosas contra mim e minha mãe". ​O caso corria na 24ª Vara Cível do Rio de Janeiro. 

No Facebook, o produtor musical rebateu as acusações. “Quando Ancelmo Gois [colunista do jornal O Globo] declara vitória para o outro lado em seu caso legal que ainda não está concluído, fica óbvio que a imprensa está sendo usada para manipular a justiça e que manobras internas estão sendo realizadas", escreveu.

A cantora Bebel  move, desde 2017, um processo de interdição do pai, motivada pela idade avançada e pela precária situação financeira em que vive —ele chegou a ser despejado do apartamento em que vivia no Leblon, zona sul do Rio de Janeiro, por dever anos de aluguel.

João Gilberto com a família
João Gilberto completou 88 anos no dia 10 de junho - Reprodução/Facebook
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.