João Bosco e mostra sobre negros no teatro são destaques desta segunda

Data também tem live sobre o Dia da África e estreia do Museu Villa Lobos em plataforma virtual

Com o avanço do coronavírus, as atividades culturais estão suspensas de modo geral. Neste cenário, artistas e produtores estão fazendo shows caseiros transmitidos nas redes sociais, estreias de cinema migraram para o streaming, canais de TV abriram seus sinais, museus promovem visitas virtuais e vídeos de espetáculos de dança e de teatro foram disponibilizados na internet.

Para melhorar sua quarentena, preparamos uma lista de conteúdos para serem consumidos em casa nesta segunda (25).

Música

João Bosco
No Instagram do Canal Brasil

João Bosco conversa sobre seu novo disco, “Abricó-de-Macaco”, em live em rede social do Canal Brasil às 17h. Também lembra do seu parceiro histórico, o compositor Aldir Blanc, morto no último dia 4. Às 18h, o canal exibe registro da gravação do CD e DVD realizado em outubro do ano passado.

Siba
No site culturaemcasa.com.br

Remanescente do movimento manguebeat, que transita pelos ritmos regionais nordestinos explorando sonoridades da cultura popular, o cantor Siba se apresenta na plataforma da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo às 21h30.

Dia da África
No Instagram da Casa Natura Musical

A Casa Natura Musical começa sua semana de homenagens ao Dia da África com a cantora, compositora e instrumentista baiana Mariene de Castro. Acostumada a abordar samba de roda, religiões e cultura afro-brasileira na sua “Resenha da Maricota”, às 17h ela discute a diáspora africana no Brasil e as influências disso na nossa identidade.

Native Brazilian Music
Na página do Museu Villa Lobos na plataforma Google Arts and Culture

Em sua estreia no Google Arts and Culture, o Museu Villa Lobos, no Rio de Janeiro, mostra o percurso da gravação do LP “Native Brazilian Music”, um dos mais icônicos da música brasileira.

Ali, cartas, áudios de músicas, fotografias e ilustrações mostram como um disco gravado em 1940 no convés de um navio americano ganhou músicas de Cartola, Pixinguinha, Donga, Luiz Americano e outros.

Tudo sob a batuta do compositor Heitor Villa-Lobos e do regente britânico Leopold Stokowski.

Artes plásticas

Josh Smith: High As Fuck
No site da galeria David Zwirner

Uma das galerias mais ativas desta quarentena, a David Zwirner apresenta uma nova exposição virtual, “High as Fuck”. Nela, o artista Josh Smith espalha pinturas das paisagens desertas de Nova York sobre a laje de seu ateliê, no Brooklyn, como se em diálogo com os prédios e ruas que o inspiraram. E mostra tudo ao público de casa por meio de fotos e vídeos.

Teatro

Mostra Aquilombamento Digital
No site da Cia. Mungunzá

O Teatro de Contêiner Mungunzá lança às 19h, na sua plataforma online, a Mostra Aquilombamento Digital, que mergulha em produções negras. Participarão da programação, entre outros, Jé Oliveira, criador de “Gota d’Água Preta”; Jhonny Salaberg, autor de “Buraquinhos ou o Vento é Inimigo do Picumã”; e a atriz e palhaça Lilyan Teles, idealizadora do coletivo Circo di SóLadies. A plataforma ainda reúne peças filmadas da própria companhia e de grupos como a Cia. do Tijolo, o Grupo XIX de Teatro e o Grupo Magiluth.

Rigoletto
No canal do Theatro Municipal no YouTube

O Theatro Municipal de São Paulo disponibilizou uma filmagem da ópera “Rigoletto”, de Giuseppe Verdi, apresentada no ano passado.

Com direção cênica de Jorge Takla, direção musical do maestro Roberto Minczuk e elenco internacional, a trama se passa no século 16 e aborda temas como assédio, corrupção,
vingança e estupro.

O Municipal também gravou um podcast sobre a obra; ouça abaixo o episódio.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.