Shows de Zeca Pagodinho e Anitta são destaques do Dia das Mães na quarentena

Também tem lives de Roberto Carlos e Emicida e exibição de filmes dirigidos e protagonizados por mulheres

São Paulo

Com o avanço do coronavírus, as atividades culturais estão suspensas de modo geral. Neste cenário, artistas e produtores estão fazendo shows caseiros transmitidos nas redes sociais, estreias de cinema migraram para o streaming, canais de TV abriram seus sinais, museus promovem visitas virtuais e vídeos de espetáculos de dança e de teatro foram disponibilizados na internet.

Para melhorar sua quarentena, preparamos uma lista de conteúdos para serem consumidos em casa neste domingo (10).

MÚSICA

Zeca Pagodinho
No YouTube do cantor, a partir das 13h
O sambista vai fazer sua primeira live na quarentena. Ele promete cantar por uma hora e 15 minutos, em repertório que inclui suas músicas mais conhecidas, como “Deixa a Vida Me Levar”, “Verdade” e “Brincadeira Tem Hora”, mas também faixas de seu disco mais recente, “Mais Feliz”, de 2019.

Anitta
No YouTube da cantora, a partir das 16h30
Anitta vai fazer uma live de Dia das Mães, convidando amigos para o show. A transmissão vai arrecadar fundos para o projeto social Mães da Favela da Cufa, a Central Única das Favelas.

Emicida
No YouTube do rapper, a partir das 16h
O artista vai se apresentar por cinco horas e também vai promover doações ao Mães da Favela. Além de pedidos dos fãs, ele vai usar a base de sua faixa “Mãe” para improvisar uma nova música com frases do público.

Roberto Carlos
No YouTube do cantor, a partir das 15h
O cantor vai se apresentar pela segunda vez na internet, depois de um show para comemorar seu aniversário de 79 anos. Agora, ele celebra o Dia das Mães, e deve tocar "Lady Laura", além de clássicos como "Emoções" e "Como É Grande O Meu Amor Por Você".

ARTES PLÁSTICAS

Japan House São Paulo
Nas redes sociais da Japan House São Paulo
O projeto #JHSPOnline aborda neste domingo o Haha no Hi, o Dia das Mães no Japão. Os conteúdos tratam da história por trás da definição do dia e a simbologia dos presentes.

CINEMA

MIS
No YouTube do museu, a partir das 20h
A quinta edição do projeto Cinema de Acervo, que exibe filmes brasileiros no YouTube do Museu da Imagem e do Som de São Paulo, conta com três curtas dirigidos e protagonizados por mulheres, na seleção “Elas dirigem elas”. São eles "Ana" (1982), de Regina Chamlian, "Como Um Olhar Sem Rosto: As Presidiárias" (1983), de Maria Inês Villares, e "Balzaquianas" (1981), de Eliane Bandeira e Marília de Andrade.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.