Descrição de chapéu Cinema

Harrison Ford volta a 'Indiana Jones' em quinto e último filme da franquia

Longa será dirigido por James Mangold e deve chegar aos cinemas em 2022, diz porta-voz da Disney

Los Angeles | AFP

O ator Harrison Ford, de 78 anos, voltará a usar o icônico chapéu de Indiana Jones no quinto e último filme das aventuras do intrépido arqueólogo, que deve chegar aos cinemas em 2022. A informação foi anunciada pela Disney e causou entusiasmo nos fãs da franquia.

"Estamos em pré-produção para o próximo e último episódio de Indiana Jones. E, claro, o próprio Indy, [papel de] Harrison Ford, estará de volta para finalizar a jornada desse personagem icônico", afirmou a presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy, durante uma conferência da Disney realizada na semana passada.

Ao contrário dos episódios anteriores, Steven Spielberg —que originalmente foi pensado para dirigir os filmes, mas passou a trabalhar na produção— não estará mais atrás das câmeras. Seu lugar será ocupado por James Mangold, que dirigirá o quinto episódio da saga, destacou Kennedy.

As filmagens devem começar na primavera de 2021, enquanto a estreia está marcada para julho de 2022.

Em 1981, já famoso por seu papel como Han Solo em "Star Wars", Harrison Ford assumiu pela primeira vez o papel de Indiana Jones em "Os Caçadores da Arca Perdida", sob a direção de Steven Spielberg.

Sucesso mundial, o filme gerou mais tarde duas continuações igualmente populares, "Indiana Jones e o Templo da Perdição", de 1984, e "Indiana Jones e a Última Cruzada", de 1989, estrelado por Sean Connery como pai do arqueólogo.

Lançado em 2008, também com Ford no papel principal, o quarto episódio —"Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal"— foi um sucesso de bilheteria, mas também foi friamente recebido pela crítica e por fãs da franquia.

Desde 2016, a Disney anunciou a continuação e o fim das aventuras de Indy, com o longa a princípio marcado para 2019. No entanto, o projeto teve uma série de atrasos devido às diferenças entre os produtores, escritores e Steven Spielberg. E, mais recentemente, surgiu a pandemia da Covid-19, que alterou o calendário das principais produções de Hollywood.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.