Descrição de chapéu Cinema

'Top Gun: Maverick' sofre ação por não citar autor de artigo que inspirou franquia

Longa de 1986 se baseou em texto de Ehud Yonay, e seus herdeiros veem violação de direitos autorais no novo filme

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

"Top Gun: Maverick" está no centro de uma disputa entre o estúdio Paramount, que está sendo processado pela família do autor que inspirou o longa original, "Top Gun: Ases Indomáveis", de 1986.

Segundo a viúva e o filho de Ehud Yonay —que escreveu o artigo jornalístico "Top Guns" na revista California, em 1983—, o novo longa da franquia não cita o autor e, com isso, estaria infringindo direitos autorais.

De acordo com a queixa, apresentada num tribunal federal de Los Angeles, a Paramount não teria readquirido os direitos do artigo com a família antes de lançar a sequência derivada, que está no topo das bilheterias nos Estados Unidos —e chegou a atingir a arrecadação de US$ 126,7 milhões nos três primeiros dias de exibição nos cinemas do país. No mercado global, já passou dos US$ 548,6 milhões, sendo a maior estreia do ano até agora.

Tom Cruise em cena do filme 'Top Gun: Maverick', de 2022, derivado de 'Top Gun', de 1986 - Paramount Pictures/Divulgaçao

Segundo Shosh, a viúva, e Yuval Yonay, filho de Ehud, a Paramount teria ignorado a questão dos direitos autorais de propósito, sabendo que em janeiro de 2020 os direitos seriam revertidos para os herdeiros do autor morto há dez anos. A família buscava recuperar os direitos do artigo desde 2018 e teve sucesso dois anos depois.

Como o filme teria entrado em produção em 2018, com previsão para ser lançado em 2019, mas adiado algumas vezes até a chegada em 2022, o processo da família alega que o filme não foi realmente concluído até maio de 2021, mais de um ano após o aviso de rescisão entrar em vigor.

Em nota, o estúdio disse que "essas afirmações são feitas sem mérito, e vamos nos defender de forma vigorosa". O processo busca danos não especificados, incluindo lucros da bilheteria de "Top Gun: Maverick", além de tentar impedir a Paramount de distribuir o filme, assim como outras possíveis sequências.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.