Uber vai lançar serviço de compartilhamento de bike elétrica na Europa

JUMP faz parte de ofensiva da empresa para oferecer mais tipos de transportes urbanos

Berlim | Reuters

A Uber está prestes a lançar o serviço de compartilhamento de bicicletas elétricas na Alemanha. Batizado de JUMP, o serviço marca a busca para diversificar e construir laços com as autoridades locais.

O presidente-executivo da Uber, Dara Khosrowshahi, fez o anúncio em uma conferência em Berlim, enquanto dezenas de taxistas alemães do lado de fora acenavam com cartazes dizendo “Uber vá para casa”.

Sede da Uber, em São Francisco; empresa aposta na criação de novos serviços - Associated Press

“Quero que isso sinalize um profundo compromisso com a Alemanha”, disse Khosrowshahi, chegando ao palco com uma bicicleta JUMP vermelha brilhante.

“A Alemanha é um pequeno sinal do que a nova Uber pode ser. Queremos trabalhar com governos locais e cidades para fazer nosso modelo funcionar.”

A Uber enfrentou uma situação difícil na Europa, onde os protestos de taxistas tradicionais se tornaram violentos no passado e as restrições judiciais o obrigaram a encerrar alguns de seus serviços, inclusive na Alemanha, França, Itália, Espanha e Bélgica.

Além disso, empresas baseadas em aplicativos foram acusadas de causar congestionamento em grandes cidades como Londres.

A Uber comprou a startup JUMP como parte de uma ofensiva para se tornar o aplicativo para transporte urbano, seja ônibus, bicicletas, carros ou até mesmo trens, permitindo que as pessoas reservem viagens através de uma variedade de serviços.

O serviço de compartilhamento de bicicleta elétrica sem estações fixas já foi lançado em San Francisco, onde há 250 bicicletas, e em Washington.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.