Governo indica professor Nivio Ziviani para conselho da Petrobras

Escolha acontece após renúncia de John Forman, que abriu mão de posto devido a uma disputa com a CVM

Rio de Janeiro | Reuters

A Petrobras informou que seu acionista controlador, o governo federal, indicou para o seu Conselho de Administração o professor Nivio Ziviani, conforme comunicado enviado ao mercado nesta segunda-feira.

A indicação, destacou a petroleira, será ainda submetida aos procedimentos internos de governança corporativa, incluindo análises de conformidade e integridade necessárias ao processo sucessório da Petrobras.

Ziviani é graduado em Engenharia Mecânica pela UFMG, com mestrado em Informática pela PUC-RJ e Ph.D. em Computer Science pela Universidade de Waterloo, Canadá. 

"A indicação do professor Ziviani para o Conselho de Administração da Petrobras é consistente com a ênfase dada à tecnologia da informação no processo de mudança transformacional para a maximização da geração de valor para os acionistas e o Brasil", disse a Petrobras no comunicado.

Ela ocorre após o geólogo John Forman ter renunciado à sua indicação para membro do colegiado na semana passada, "visando evitar qualquer tipo de constrangimento ou problema para a companhia", devido a uma disputa pessoal em andamento com a CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Forman   foi condenado a pagar multa em 2016 por uso de informações privilegiadas na venda de ações. Ele recorre da decisão. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.