Volkswagen e Ford ampliam parceria para carros elétricos e autônomos

As empresas fabricam vans e veículos utilitários em conjunto desde janeiro

Nova York | AFP

As fabricantes de automóveis Volkswagen e Ford anunciaram, nesta sexta-feira (12), que vão ampliar sua aliança para incluir o desenvolvimento de carros elétricos e autônomos. 

A empresa alemã e sua concorrente americana aprofundarão, assim, um acordo de cooperação anunciado em janeiro deste ano. Elas já fabricam em conjunto vans e veículos utilitários.

O cerne desse novo esforço de cooperação é a subsidiária da Ford dedicada ao desenvolvimento de veículos autônomos, a Argo AI, que será dividida igualmente entre as duas empresas. 

A Volkswagen vai investir US$ 2,6 bilhões nessa empresa, US$ 1 bilhão líquido e US$ 1,6 bilhão a mais através da incorporação de sua própria empresa de veículos autônomos, o Autonomous Intelligent Driving (AID). 

O investimento da Volkswagen valoriza o Argo AI em mais de US$ 7 bilhões e permitirá à Ford aproveitar a tecnologia de sua concorrente alemã para comercializar pelo menos um veículo elétrico de grande porte na Europa a partir de 2023.

A aliança prevê que a Ford utilize o Modular Electric Toolkit (MEB), desenvolvido pela VW e usado em seus veículos elétricos. 

De acordo com Ferdinand Dudenhoeffer, analista alemão do Center for Automotive Research, a Ford não tinha antes desta aliança nenhum modelo elétrico para o mercado europeu em seu catálogo, e desenvolvê-lo por conta própria estava além de suas possibilidades.

"É preciso investir hoje para ver os primeiros benefícios em 2030 e há grandes e novos concorrentes neste espaço", disse o analista. 

O CEO da Volkswagen, Herbert Diess, disse que a aliança ajudará sua empresa a reduzir custos no desenvolvimento de automóveis com emissão zero de carbono.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.