Assinante da Folha pode oferecer cinco conteúdos por dia de presente

Função é oferecida pela primeira vez a leitores de um jornal brasileiro

São Paulo

O assinante da Folha passa a ter novo benefício. O chamado link-presente permite que ele libere a seus contatos até cinco acessos por dia ao conteúdo publicado pelo jornal. Esta função é oferecida pela primeira vez a leitores de um jornal brasileiro.

Para gerar um link-presente, o assinante deve clicar no ícone que fica ao lado dos botões de redes sociais, na barra de compartilhamento do texto (veja passo a passo abaixo). Dali, o assinante escolhe por qual meio prefere compartilhar, como redes sociais, e-mail ou WhatsApp.

Desde 2012, a Folha adota como modelo de negócios o chamado paywall (muro de pagamento) poroso, em que o acesso ao noticiário para quem não é assinante do jornal é gratuito até certo limite de textos.

Atualmente, ao usuário do site do jornal é permitido ler até cinco reportagens por mês. Do sexto texto em diante, o leitor é convidado a fazer uma assinatura ou se logar, caso já seja assinante. Já colunas e blogs são fechados exclusivamente para assinantes.

Com o novo recurso, mesmo que o usuário já tenha excedido seu limite mensal, a leitura será permitida caso o acesso seja a partir de um link-presente recebido de um assinante da Folha.

O benefício é adotado por outros veículos do mundo que usam paywall. Um deles é o Financial Times, cujo modelo de leitura é mais restrito --só assinantes têm acesso ao site. Na regra do diário econômico britânico, é possível compartilhar 20 links por mês.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.