Descrição de chapéu Ásia

China afirma que irá intensificar o monitoramento de preços de commodities

Cobre, carvão e minério de ferro tocaram máximas históricas nesta semana

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Reuters

O Conselho de Estado chinês, Poder Executivo da China presidido pelo primeiro-ministro do país, disse nesta quarta-feira (12) que irá monitorar as mudanças nos mercados interno e externo e lidará de forma eficaz com o rápido aumento de preços de commodities e seu impactos associados.

O país intensificará a cooperação entre a política monetária e outras políticas para manter a estabilidade das operações econômicas, acrescentou o conselho, segundo informações da televisão estatal.

Os preços de commodities como cobre, carvão e minério de ferro, utilizadas na fabricação de aço, ampliaram um rali recente e tocaram máximas históricas nesta semana em meio a preocupações com a possibilidade de a demanda gerada pela retomada econômica na China ultrapassar a oferta.

Bandeira da China vista em Pequim, capital do país - Thomas Peter - 12.mai.21/Reuters

A China é o maior mercado mundial para cobre, carvão e minério de ferro, e consumidores devem enfrentar custos maiores à medida que alguns analistas esperam um "super-ciclo" das commodities.

O gabinete chinês não disse de que forma pretende lidar com a alta nos preços das commodities.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.