Terremoto no Japão deixa 16 mortos e mais de 300 feridos

Casas são atingidas por deslizamento; aeroporto é fechado

Tóquio | AFP, Reuters e Associated Press

Pelo menos 16 pessoas morreram e 26 continuam desaparecidas por causa do terremoto de magnitude 6,7 que atingiu o Japão nesta quinta-feira (6), de acordo com novo balanço divulgado após a descoberta de cinco corpos em uma localidade do norte do país. Ao menos 366 pessoas ficaram feridas.

Cinco corpos foram encontrados entre os escombros de casas atingidas por deslizamento após o terremoto em Atsuma, uma localidade de montanha na ilha de Hokkaido.

Casas atingidas por deslizamento em Atsuma, na prefeitura de Hokkaido, no Japão, após terremoto - Jiji Press/AFP

O sismo foi registrado 62 km ao sudeste de Sapporo, a capital da região de Hokkaido, norte do Japão, apenas dois dias depois de um tufão causar danos significativos na região ocidental de Osaka.

O terremoto causou grandes deslizamentos de terra.

Cerca de 1,3​ milhão de casas de casas segue sem luz devido ao desligamento de emergência de termelétricas.

A usina nuclear de Tomari ficou sem energia mas os combustíveis radioativos seguiam sendo resfriados por um sistema de energia de emergência de forma segura, segundo Suga. 

O serviço de trem em toda a ilha foi suspenso, e o aeroporto de Hokkaido ficou fechado.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.