Chuva de granizo e tornados matam turistas na Grécia

Região de Calcídica declarou estado de emergência

Salónica | AFP

Ao menos seis turistas que estavam de férias no norte da Grécia morreram devido às fortes tempestades de granizo e tornados que atingiram a região de Calcídica nesta quarta-feira (10).

"Seis turistas morreram e ao menos 30 pessoas ficaram feridas com este tornado", disse Charalambos Steriadis, responsável da Defesa Civil no norte da Grécia. 

O tornado durou cerca de 20 minutos, segundo testemunhos dados à rede estatal de televisão ERT. 

Guardas-sol e espreguiçadeiras danificados após fortes tempestades na praia da aldeia de Nea Plagia, Grécia - Alkis Konstantinidis - 11.jul.2019/Reuters

Um casal tcheco morreu em Propontida quando o trailer em que viajava foi arrastado pelos fortes ventos, de acordo com a polícia. Nos últimos dois dias, a Grécia registrou temperaturas de até 37 ºC. 

Em Kassandra, a 70 km de Tessalônica, segunda maior cidade do país, um russo e o filho de dois anos morreram após a queda de uma árvore em um hotel. Na mesma cidade, uma mulher morreu atingida pelo desmoronamento do teto de um prédio, segundo fontes oficiais.

De acordo com a televisão estatal ERT, um menino estaria morto e um pescador, desaparecido —as informações ainda não foram confirmadas por autoridades.

"Foi algo inédito, com ventos muito fortes e violentas tormentas de granizo", declarou o responsável da Defesa Civil. Dezenas de feridos leves foram levados a hospitais. 

Segundo a ERT, foi declarado estado de emergência na região de Calcídica, para onde foi o ministro da Proteção do Cidadão, Michalis Chryssohoidis, para acompanhar as operações dos bombeiros. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.