Francês falha em tentativa de cruzar Canal da Mancha em prancha voadora

Inventor recebeu investimento do exército francês para desenvolver equipamento

Emilie Delwarde
SANGATTE (França) | Reuters

Um inventor francês fracassou na tentativa de atravessar o Canal da Mancha em uma prancha voadora a jato nesta quinta (25). Ele caiu na água ao tentar pousar em uma plataforma de reabastecimento montada sobre um navio, informou sua equipe técnica.

Franky Zapata partiu do porto de Calais, no norte da França, com 42 litros de querosene na mochila, o suficiente para cerca de 10 minutos de voo. Ele planejava pegar outra mochila em uma embarcação que esperava no meio do trajeto de 35 quilômetros do Estreito de Dover.

Franky Zapata inicia a tentativa o porto de Calais, na França - Denis Charlet/AFP

“É uma grande decepção. Ele chegou ao navio de reabastecimento, mas a plataforma de pouso atingiu a prancha voadora, o que o deixou desequilibrado e o derrubou na água”, disse Stephane Denis, membro da equipe de apoio, à televisão BFM.

Zapata tentou a façanha no 110º aniversário do primeiro voo motorizado entre o Reino Unido e a França.

Mas Denis disse que, como a plataforma de pouso estava dois metros acima do convés, todos os movimentos do navio sobre as ondas estavam exagerados, o que dificultou o pouso para reabastecimento.

"Ele havia praticado essa manobra em mares mais bravos sem problemas, mas, agora, no momento mais importante, acabou falhando. Hoje é o 110º aniversário do voo de Blériot. Teria sido um momento comovente.”

Em 25 de julho de 1909, o francês Louis Bleriot tornou-se o primeiro homem a atravessar o canal voando em um avião. Desde então, as travessias do canal tornaram-se um rito de passagem para todos os tipos de novas aeronaves.

A representante da equipe acrescentou que Zapata não se feriu e que fará uma nova tentativa o mais cedo possível.

O inventor recebeu um financiamento de €1,3 milhão (R$ 5,5 milhões) do Exército francês para ajudar a custear o desenvolvimento do hoverboard, que é movido por cinco pequenos motores a jato.

Erramos: o texto foi alterado

O inventor recebeu financiamento equivalente a R$ 5,5 milhões, e não R$ 12,4 milhões, na conversão do euro.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.