Descrição de chapéu Márcio França jornalismo

Cotado para ser vice de Ciro, ex-prefeito de Belo Horizonte se diz honrado

Márcio Lacerda (PSB) foi coordenador da campanha do pedetista em 2002

Catia Seabra
São Paulo

Cotado para assumir a vaga de vice na chapa do pedetista Ciro Gomes à Presidência, o ex-prefeito de Belo Horizonte Márcio Lacerda (PSB) afirmou nesta sexta-feira (18) que se sente honrado pela lembrança.

O ex-prefeito de Belo Horizonte Marcio Lacerda (PSB), cotado para ser vice do presidenciável Ciro Gomes
O ex-prefeito de Belo Horizonte Marcio Lacerda (PSB), cotado para ser vice do presidenciável Ciro Gomes - Leo Fontes - 21.dez.16/O Tempo/Folhapress

Amigo de Ciro desde 2002 —quando foi coordenador de sua campanha à Presidência— Lacerda diz que o pedetista é um excelente candidato.

Mas ressalta que não há qualquer decisão sobre uma aliança entre PDT e PSB para a corrida presidencial. Como está em Londres, Lacerda afirma também que não está participando de negociações entre as duas siglas.

A Folha publica nesta sexta-feira que PDT e PSB discutem a indicação de Lacerda para vice de Ciro com a expectativa de selar uma coligação.

"É uma honra essa lembrança. Mas ninguém é candidato de si mesmo. Vamos aguardar", afirmou Lacerda.

Ele conta ter assistido a duas palestras de Ciro e afirma que, dentre os 11 presidenciáveis convidados, o pedetista foi o mais aplaudido ao falar à Frente Nacional dos Prefeitos, em Niterói. 

Lacerda enfatiza, porém, que existe ainda muito chão pela frente até a consolidação de uma aliança e essa não deve ser uma decisão apenas de cúpula partidária, mas de toda a bancada.

"O partido não me comunicou nada. Estou fora do país. Hoje, minha tarefa é de candidato ao Governo de Minas", diz.

Empresário, Lacerda foi secretário-executivo do Ministério da Integração Nacional, sob o comando de Ciro, no governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ele deixou o cargo após seu nome ser mencionado no escândalo do mensalão como tendo recebido dinheiro do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares. Na época, ele disse que pediu ajuda ao petista para pagar agência de publicidade que fez a campanha presidencial de Ciro em 2002.

A indicação de Lacerda para o posto de vice tem a simpatia da corrente pernambucana do PSB, a mais forte da legenda. 

A retirada de sua pré-candidatura ao governo de Minas Gerais e o apoio do partido à reeleição de Fernando Pimentel, do PT, facilitaria um acordo em Pernambuco. O governador Paulo Câmara, do PSB, busca uma aliança com o PT para sua reeleição.

Nesta sexta (18), Pimentel e Câmara estiveram reunidos no Recife junto de outros governadores do Nordeste. O governador mineiro afirmou que caberá às direções do PT e do PSB selar o acordo nos dois estados. Pimentel disse ainda que tem uma relação de amizade e companheirismo com Lacerda e vê espaço para o ex-prefeito em sua chapa de reeleição. "O PSB é um partido importante e, no caso de Minas, tem uma liderança popular, muito reconhecida, que é o ex-prefeito Márcio Lacerda que com certeza teria [espaço]", afirmou.  

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.