Minidocumentário mostra bastidores de eleição em Jaboticabal, de lives e caminhadas a santinhos errados

No interior de São Paulo, cidade teve cobertura completa da Folha nas eleições deste ano

São Paulo

A reta final das eleições em Jaboticabal, que teve cobertura integral da Folha, foi acompanhada de perto também pelas lentes da equipe de vídeo do jornal.

Minidocumentário produzido pela TV Folha mostra como funciona uma campanha sem horário eleitoral na TV, mas com programação intensa de lives nas redes sociais e com muitas, muitas caminhadas.

"Não são caminhadas de duas ou três quadras, nós companhamos candidatos por quilômetros", diz no vídeo o repórter Marcelo Toledo, responsável pela série de reportagens da Folha sobre a cidade.

Com entrevistas com os cinco candidatos à prefeitura, o minidocumentário usa trechos da série de sabatinas promovidas pelo jornal e também traz relatos de moradores sobre os principais problemas enfrentados pela cidade.

"Tenho certeza que muitos leitores do resto do país viram os problemas que retratamos aqui e se identificaram com eles", diz Toledo.

Conhecida como Athenas Paulista, mas também já chamada de Cidade das Rosas e de Cidade da Música, Jaboticabal teve cobertura completa da Folha durante as eleições municipais deste ano.

Uma campanha parelha, problemas estruturais e a atuação restrita da imprensa profissional foram alguns dos ingredientes que tornaram interessante a cobertura jornalística nessa cidade de 77 mil habitantes.

Jaboticabal, ao contrário do que já ocorre em outras localidades menores, não tem uma TV (comunitária ou educativa) para a transmissão do horário eleitoral gratuito, o que fez com que a campanha fosse diferente das disputas dos grandes centros.

Os candidatos, e a própria dinâmica local, foram acompanhados diariamente pelo jornal, assim como ocorreu nas eleições em grandes centros, como São Paulo e Rio de Janeiro.

Além dos ingredientes políticos colocados na disputa deste ano, Jaboticabal foi escolhida pela Folha por ser uma cidade com forte peso educacional, com quatro universidades ou centros universitários, e também se destacar economicamente na agricultura e nas indústrias de alimentação e cerâmica.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.