Conheça os palestrantes da 2ª edição do fórum Exploração Sexual Infantil

Evento terá a participação de especialistas para discutir o combate ao crime no país

Eduardo Knapp/Folhapress
São Paulo

A Folha realiza no dia 18 de maio a 2ª edição do fórum Exploração Sexual Infantil, em São Paulo. Com a presença de especialistas, o evento discutirá as formas de combate a este crime no país e maneiras de ampliar a proteção a crianças e adolescentes.

Os obstáculos impostos pelo machismo no enfrentamento deste problema será o tema de um dos debates, que contará com participantes do poder público, do judiciário e da academia.

No segundo painel, representantes de ONG’s que têm trabalhos pioneiros na área falarão sobre as melhores práticas e discutirão as estratégias usadas no país para diminuir a incidência de ocorrências ligadas à exploração sexual de crianças e adolescentes.

O evento, que tem o patrocínio do Instituto Liberta e apoio do Columbia Global Centers no Rio de Janeiro, acontece a partir das 8h, no teatro do Unibes Cultural (rua Oscar Freire, 2500 - Sumaré). As inscrições são gratuitas.

Conheça abaixo os palestrantes.


Benedito Medrado

Doutor em psicologia social pela PUC-SP, é professor do Programa de Pós-graduação em Psicologia da UFPE, onde coordena o Núcleo Feminista de Pesquisas sobre Gênero e Masculinidades (Gema/UFPE). É um dos fundadores do Instituto PAPAI, ONG que atua com homens, em temas relativos à saúde, sexualidade e reprodução.

Cristiane Duarte

Professora do Divisão de Psiquiatria da Criança e do Adolescente da Universidade Columbia (EUA), é também co-diretora do Centro de Ansiedade na Juventude NewYork-Presbyterian no bairro de Washington Heights, em Nova York.

Deomar Barroso

Juiz no Estado do Pará, é criador do projeto Inocência Roubada, de combate à pedofilia, abuso e exploração sexual infantil, implantado em Abaetetuba (PA) entre os anos de 2011 e 2016.

Helen Barbosa dos Santos

Psicóloga e pesquisadora no Núcleo de Estudos em Relações de Gênero e Sexualidade da UFRGS. Foi consultora Unesco para Política Estadual de Atenção Integral à Saúde do Homem entre os anos de 2013 e 2016.

Kendall Thomas

Professor de direito e diretor do Centro para o Estudo de Direito e Cultura da Universidade Columbia (EUA) e pesquisador do Centro para Direito de Gênero e Sexualidade.

Luciana Temer

Diretora-presidente do Instituto Liberta. Foi secretária de Assistência e Desenvolvimento Social do Município de São Paulo. Doutora em direito pela PUC-SP, é professora assistente da Faculdade de Direito da PUC-SP e professora do curso de mestrado em direito na Uninove. 

Maitê Fernandez Gauto

Mestre em Gestão e Políticas Públicas pela Fundação Getúlio Vargas e Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo, é coordenadora de ações de incidência no Legislativo e Executivo federais da Fundação Abrinq

Maria Gabriela Mansur

Promotora de justiça e diretora da Mulher da Associação Paulista do Ministério Público. É Membro da Comissão Nacional dos Promotores de Justiça que atuam no Combate à Violência Doméstica e familiar contra a Mulher do Grupo Nacional dos Direitos Humanos

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.