Descrição de chapéu google Internet

Google sai do ar em vários países; YouTube, Drive e outros serviços são afetados

Site DownDetector mostrou instabilidade em vários países; empresa investiga caso

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Os serviços do Google ficaram fora do ar ou apresentaram instabilidade na manhã desta segunda-feira (14). Usuários de vários países relataram problema no buscador, no YouTube, no Gmail, no Sheets, no Classroom, no Drive, no Maps, no Hangouts, no Meet e no calendário.

De acordo com o site DownDetector, as reclamações iniciaram por volta de 8h30 e atingiram pico às 9h. Depois, começaram a desacelerar. As ferramentas ficaram instáveis por cerca de 45 minutos.

Em comunicado, o Google afirmou que a queda ocorreu em seu sistema de autenticação "em razão de um problema de gestão interna da cota de armazenamento". Todos os serviços foram restaurados.

Escritório do Google em Irvine, Califórnia - Mike Blake/Reuters

Foram registradas quedas no Brasil, nos Estados Unidos, na Ásia e em vários países da Europa.

Nas redes sociais, o assunto logo virou um dos mais comentados. No Twitter, usuários fizeram memes sobre provas adiadas, reuniões canceladas e brincaram sobre quanto o youtuber Felipe Neto deixaria de ganhar com o problema (em publicação recente, ele afirmou que uma queda no YouTube no horário nobre lhe gerou cerca de R$ 17,7 mil em prejuízo).

Por volta das 9h30, as reclamações já eram poucas e muitas pessoas escreviam nas redes sociais que os serviços estavam normalizados.

O YouTube, que gerou mais de 112 mil reclamações às 8h48 no DownDetector, concentrava menos de 10 mil às 9h30.

Uma página do Google que mostra informações sobre o desempenho dos serviços confirmou a falha em todos os aplicativos nesta segunda.​

Às 10h31, o Gmail passou do sinal vermelho, de suspensão temporária, para o laranja, que indica interrupção do serviço. Nesse caso, os usuários conseguem acessar o email, mas se deparam com avisos de erro ou demora para carregar as mensagens.

Com exceção do Gmail, todos os outros serviços já estavam com sinal verde às 9h52, o que indica ausência de problemas.

“Hoje, às 8h47 (horário de Brasília), o Google sofreu uma queda em seu sistema de autenticação, por aproximadamente 45 minutos, em razão de um problema de gestão interna da cota de armazenamento. Os serviços que requerem login de usuários apresentaram altas taxas de erro durante esse período. O erro de autenticação foi resolvido às 9h32", afirmou a empresa em nota, acrescentando que conduz uma revisão minuciosa para garantir que isso não se repita.

Mesmo que a queda tenha durado menos de uma hora, algumas empresas ficaram paradas nesse período. Professores também relataram problemas para estabelecer conexão com os alunos—muitas escolas migraram as atividades para as plataformas Meet e Classroom durante a pandemia.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.