Descrição de chapéu Queda do Muro, 30

Prédio delirante erguido em velha cidade da Alemanha Oriental ganha museu

Em Magdeburgo, obra do arquiteto austríaco Hundertwasser contrasta com estéticas medieval e socialista

Igor Gielow
Magdeburgo (Alemanha)

Poucas coisas preparam o visitante acostumado com as construções medievais ou socialistas de Magdeburgo, pacata capital do antigo estado comunista da Saxônia-Anhalt, na Alemanha, para a primeira vista da Cidadela Verde.

Uma espécie de cruzamento entre um prédio de Antoni Gaudí e o paulistaníssimo Copan, a cidadela se ergue no meio da paisagem vetusta como uma forma de vida.

Só não faça a referência ao arquiteto catalão famoso por seus prédios coloridos e angulosos em Barcelona. Aqui, o herói se chama Friedensreich Hundertwasser (1928-2000), austríaco que ganhou fama pregando que seu ofício equivalia à “terceira pele” do ser humano, devendo moldar-se à primeira (a pele original) e à segunda (a roupa).

O prédio de Magdeburgo é um pequeno delírio, trazendo 55 apartamentos que são todos alugados por uma fundação ligada à construção da cidadela. Ela se autodenomina verde por um bom motivo: há árvores e plantas em todos os cantos, inclusive dentro de algumas unidades, saindo pelas janelas multiformes.

Cor de rosa e cheio de detalhes, o edifício tem 171 árvores e cerca de cem moradores. O aluguel é caro para o padrão local: 10 euros (cerca de R$ 46) por metro quadrado, e cada apartamento tem um tamanho diferente —de 55 metros quadrados a 145 metros quadrados.

“Não é um lugar fácil, na verdade, porque há muito movimento e o térreo é dedicado a restaurantes, lojas e um hotel”, diz um dos administradores locais, o cantor de ópera argentino Matias Tosi, radicado desde 2016 em Magdeburgo.

O local deve ficar mais movimentado —em 2018 recebeu 30 mil visitantes. No dia 4 passado, foi inaugurado um pequeno museu dedicado a Hundertwasser —a cidadela foi o último edifício que desenhou, pouco antes de morrer, e só foi inaugurada em 2005.

Com vários andares em uma das torres que parecem saídas de conto de fadas do local, o museu tem um bar para a socialização dos visitantes.

De forma pouco comum nos projetos na antiga Alemanha Oriental, a cidadela, ou Casa de Hundertwasser, teve seu custo de 27 milhões de euros (R$ 124 milhões hoje) bancado por um fundo de investidores privado.

Há visitas guiadas, que agora incluirão o museu, por 10 euros a cabeça. O visitante tem a chance de subir na mais alta torre da cidadela, enfeitada por bolas douradas gigantescas, que tem vista panorâmica de toda a cidade e região.

Para quem quiser apenas aproveitar o clima da galeria no térreo, a visita é gratuita, e a permanência no Art Hotel sai por 70 euros (cerca de R$ 320) a diária. A cidadela fica na central Breiter Weg, número 10a. Informações no site gruene-zitadelle.de.


Pacotes

R$ 466 
2 noites em Berlim, na Top Brasil Turismo (topbrasiltur.com.br
Com café da manhã. Preço por pessoa. Não inclui aéreo

€ 379 (R$ 1.732) 
3 noites em Berlim, na Schultz (schultz.com.br
Com café da manhã, city tour, passe de três dias para museus e entrada para a torre de televisão. Preço por pessoa. Sem passagem aérea. Para saídas entre novembro deste ano e março de 2020, menos feriados

€ 695 (R$ 3.176) 
3 noites em Berlim, na RCA (rcaturismo.com.br
Com café da manhã. Inclui city tour pela capital alemã e passeio de um dia na cidade de Dresden, além de traslados. Preço por pessoa. Não inclui passagens aéreas

US$ 824 (R$ 3.411) 
4 noites em Berlim, na New Age (newage.tur.br)
Com café da manhã. Inclui visita a pontos turísticos da cidade e experiência gastronômica em três restaurantes. Inclui traslados e seguro-viagem. Preço por pessoa, com aéreo a partir de São Paulo. Saída em 6 de janeiro

R$ 3.881 
6 noites em Berlim, na CVC (cvc.com.br
Com café da manhã. Sem extras, mas com passagens aéreas a partir de São Paulo. Preço por pessoa

US$ 1.351 (R$ 5.593) 
8 noites em Berlim, Budapeste, Viena e Praga, na Quickly Travel (quicklytravel.com.br
Com café da manhã. Inclui visitas panorâmicas às cidades, com guia em português, passeio pelo centro de Viena e traslados. Preço por pessoa. Sem passagem aérea. Pacote válido para saídas nos dias 6 e 20 janeiro, 3 e 17 de fevereiro e 2, 16 e 30 de março do próximo ano

US$ 1.399 (R$ 5.791) 
5 noites em Berlim, na BWT (bwtoperadora.com.br
Com café da manhã. Inclui traslados e seguro-viagem. Preço por pessoa, com passagens aéreas a partir 
de São Paulo

US$ 1.575 (R$ 6.520) 
9 noites na Alemanha e na Áustria, na Flot (flot.com.br)
Hospedagem em Berlim, Munique, Frankfurt, Erfurt, Fussen, Breitnau e Inssbruck, com café da manhã. Inclui transporte terrestre entre as cidades, guia, traslados, jantar na Floresta Negra, entrada a castelos, passeios nas cidades e degustação de queijos numa fazenda. Preço por pessoa, sem passagens aéreas

O jornalista viajou a convite do Centro de Turismo Alemão

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.