Restaurante holandês isola mesas em cabines para funcionar na pandemia

Estabelecimento testa uma maneira de servir os clientes com pouco contato físico

Toby Sterling
Amsterdã | Reuters

Um restaurante holandês teve uma ideia para conseguir oferecer refeições de forma elegante e ao ar livre durante a pandemia do coronavírus: pequenas cabines de vidro feitas para duas ou três pessoas, que criam ambientes íntimos em uma área aberta.

Os garçons usam luvas e protetores faciais transparentes, e utilizam uma bandeja comprida para levar os pratos até as cabines, de forma a garantir um contato físico mínimo com os clientes.

Por enquanto, essa forma de trabalhar está sendo testada apenas com familiares e amigos dos funcionários do restaurante Eten, que funciona no centro de artes Mediamatic, mas parece uma maneira glamourosa de comer —os clientes aproveitam as refeições à luz de velas ao lado de um canal.

“É muito aconchegante e a comida é deliciosa”, diz Janita Vermeulen, que foi convidada para experimentar o jantar com sua colega de quarto.

Os organizadores chamam o projeto de “Serres Séparées” (estufas separadas) porque dizem que o nome soa melhor em francês. Cada cabine parece uma pequena estufa.

O restaurante Eten já funcionava em outra estufa, maior, e as novas cabines de vidro foram montadas em sua área externa.

“Estamos aprendendo como fazer a limpeza, servir e retirar os pratos de uma forma elegante, para que você ainda sinta que está sendo bem tratado”, diz Willem Velthoven, do Mediamatic.

Os restaurantes holandeses estão fechados para o público pelo menos até o dia 19, embora as cozinhas possam funcionar para entregas.

A KNH, associação de restaurantes da Holanda, afirmou que mesmo que os restaurantes recebam a autorização para trabalhar com capacidade limitada e com medidas de segurança, muitos irão à ruína financeira se as medidas de distanciamento social forem mantidas.

Era esperado que o governo holandês lançasse na quarta (6) um plano de como e quando vai começar a retirar as restrições.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.