Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu

Felipão se recusa a falar de protestos e se irrita com ingleses

Mais opções
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
  • RSS

Durante entrevista após o título do Brasil, o técnico da seleção, Luiz Felipe Scolari, se recusou a responder uma pergunta sobre os protestos populares pelo país durante a Copa das Confederações.

Um repórter perguntou em inglês sobre o tema, e Felipão fechou o semblante e foi seco. "Não. Essa não é minha área. Não posso falar nada", disse o técnico.

Em seguida, Felipão tirou o fone de ouvido, no qual escutou a tradução da pergunta, esperou um pouco e voltou a falar.

"Aos ingleses, gostaria de perguntar o que aconteceu antes da Olimpíada lá? Se olhar um pouquinho para o seu país e quiser falar de algo de errado do nosso país, do meu país, que deem uma olhada no que aconteceu lá", afirmou.

Em 2012, Londres enfrentou manifestações bem menores que as do Brasil, mas o técnico não explicou a qual protesto estava se referindo.

Mais opções
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
  • RSS

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Siga a folha

Publicidade

+ Livraria

Livraria da Folha

Jogo Roubado
Brett Forrest
De:
Por:
Comprar
Festa Brasil (DVD)
Vários
De:
Por:
Comprar
The Yellow Book
Toriba Editora
De:
Por:
Comprar
Futebol Objeto das Ciências Humanas
Flávio de Campos (Org.), Daniela A.
De:
Por:
Comprar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Voltar ao topo da página