Painel

Editado por Guilherme Seto (interino), espaço traz notícias e bastidores da política. Com Catarina Scortecci e Danielle Brant

Salvar artigos

Recurso exclusivo para assinantes

assine ou faça login

Painel

Márcio França indica aliado para presidir porto de Santos

Advogado Anderson Pomini trabalhou em campanhas do ministro e foi secretário da Justiça de SP

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França indicou Anderson Pomini, seu homem de confiança e advogado de suas campanhas eleitorais, para presidir o porto de Santos. O nome ainda precisa ser aprovado pela Casa Civil e pelo conselho de administração do porto antes de ser oficializado.

Pomini foi secretário municipal de Justiça durante a gestão de João Doria (à época no PSDB) na Prefeitura de São Paulo, entre 2017 e 2018, e é próximo de políticos do PSB, como o vice-presidente Geraldo Alckmin e também França. Ele rompeu com Doria em 2018.

O advogado Anderson Pomini, ex-secretário municipal de Justiça
O advogado Anderson Pomini, ex-secretário municipal de Justiça - Divulgação-25.nov.2022

No começo do ano, os dois membros do governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tentaram emplacar seu nome como advogado-geral da União, mas o posto ficou com Jorge Messias.

Caso assuma de fato o porto de Santos, Pomini tratará de duas questões prioritárias para França: a construção do túnel entre Santos e Guarujá e as conversas a respeito da privatização do local e de suas atividades com o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos).

No segundo caso, o entendimento do ministro é o de que é possível conceder terminais portuários, mas não a autoridade portuária.

LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.