Painel

Editado por Guilherme Seto (interino), espaço traz notícias e bastidores da política. Com Catarina Scortecci e Danielle Brant

Salvar artigos

Recurso exclusivo para assinantes

assine ou faça login

Painel
Descrição de chapéu Eleições 2024

Deputado do PP ganha aval para viabilizar candidatura a prefeito do Rio

Marcelo Queiroz busca espaço após desistência de Dr. Luizinho; Castro quer indicá-lo vice de Ramagem

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Rio de Janeiro

O deputado federal Marcelo Queiroz (PP-RJ) ganhou aval do senador Ciro Nogueira (PI), presidente nacional do PP, para tentar viabilizar seu nome para disputar a Prefeitura do Rio de Janeiro.

Queiroz busca espaço após o líder do PP na Câmara, Dr. Luizinho, sinalizar ter desistido da candidatura, que era estimulada pelo governador Cláudio Castro (PL).

O deputado federal Marcelo Queiroz (PP-RJ) durante o lançamento da publicação "PIB da economia da cultura e das industrias criativas" do Itaú Cultural, em São Paulo - Bruno Poletti - 11.abr.2023/Divulgação

O deputado tem argumentado internamente ser importante o PP ter um nome próprio para a disputa. Ele foi o mais votado da sigla na capital na eleição do ano passado para a Câmara.

Queiroz foi secretário municipal no segundo mandato de Eduardo Paes (PSD) na prefeitura, bem como do governo Marcelo Crivella (Republicanos). Ele também comandou uma pasta no governo estadual entre 2019 e 2022, durante as gestões de Wilson Witzel e Cláudio Castro (PL-RJ).

A equipe do governador prefere ter Queiroz como vice do deputado Alexandre Ramagem (PL-RJ), escolhido pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) como o nome de seu campo político para a disputa. O deputado, porém, avalia ter espaço para uma oposição a Paes com bandeira mais municipal e menos nacional.

LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.