Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
19/08/2010 - 09h33

Avenida Robert Kennedy, em São Paulo, vai virar avenida Atlântica

Publicidade

JOSÉ BENEDITO DA SILVA
DE SÃO PAULO

Mais de 30 anos após ser batizada pelo prefeito Olavo Setúbal (1975-79) de Robert Kennedy, em homenagem ao líder político norte-americano assassinado em 1968, uma das vias mais importantes da zona sul de São Paulo está prestes a se chamar avenida Atlântica.

A hipótese é prevista em projeto de lei do vereador Antonio Goulart (PMDB), que está a um passo de virar lei --falta apenas a sanção do presidente da Câmara, Antonio Carlos Rodrigues (PR).

Aprovado em duas votações, o projeto foi vetado pelo prefeito Gilberto Kassab (DEM). Ontem (18), a Câmara derrubou o veto. A sanção nesses casos é automática.

Via de 7,5 km que liga o largo do Socorro à avenida Teotônio Vilela, margeando a represa Guarapiranga, a avenida Robert Kennedy tem esse nome desde janeiro de 1979. Até então, era chamada --informalmente-- de Atlântica. Goulart afirma que parcela representativa da população quer "ver recuperada a denominação da avenida".

Kassab diz que a lei que regula a colocação de nomes de logradouros impede a homonímia, ou seja, duas vias não podem ter o mesmo nome. Desde 1921, São Paulo já tem a rua Atlântica --travessa da avenida Brasil, na região dos Jardins (zona oeste).

De acordo com Kassab, pela lei a mudança de nome só é possível em três casos --homonímia, similaridade fonética ou ortográfica (que gere ambiguidade) ou se expuser o morador ao ridículo.

Segundo o prefeito, cerca de 450 contribuintes se verão "obrigados a alterar escrituras de bens imóveis (...), além de providenciar a mudança de endereço para contas de luz, de água e de telefone".

"Acho que a Câmara tem mais o que fazer", afirma Mauro Duarte, 49, morador há dez anos da região e há um mês gerente do motel Leão de Prata, na avenida.

Ele acha que não haverá grandes prejuízos para quem mora ou tem negócios na via. "O pessoal já conhece a avenida mais como Atlântica do que como Robert Kennedy."

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página