Descrição de chapéu Coronavírus

Brasil tem 11 mortos e 904 casos confirmados do novo coronavírus

Dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira (20)

Brasília

O Ministério da Saúde divulgou nesta sexta-feira (20) que o número de casos confirmados do novo coronavírus subiu para 904. São 11 mortes em decorrência da doença; na quinta-feira (19), eram 7.

Do total de mortos, 9 estão em São Paulo e 2 no Rio de Janeiro. Eles correspondem a 1,2% dos casos totais.

A maior parcela de registros está em São Paulo, com 396 casos confirmados e a maior taxa de mortalidade do país, de 2,3% dos casos. Há casos em 24 estados e no Distrito Federal.

Também há registros no Rio de Janeiro (109), Minas Gerais (35), Espírito Santo (13), Distrito Federal (87), Goiás (15), Mato Grosso do Sul (9), Mato Grosso (1), Rio Grande do Sul (37), Paraná (32), Santa Catarina (21), Pernambuco (30), Ceará (55), Sergipe (6), Bahia (33), Paraíba (1), Piauí (3), Rio Grande do Norte (1), Alagoas (5), Rondônia (1), Tocantins (1), Pará (2), Amazonas (3), Amapá (1) e Acre (7).

Não possuem casos confirmados os estados de Roraima e Maranhão.

O ministério não informa o número de casos suspeitos e descartados da doença no país.

Uma portaria do ministério divulgada na noite desta sexta declarou que o Brasil inteiro possui transmissão sustentada —quando não há identificação da origem do vírus. Até esta quinta (19), a pasta considerava que esse tipo de contaminação estava presente apenas nos estados de São Paulo e Pernambuco, no interior de Santa Catarina, e nas cidades de Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

O Ministério da Saúde alterou o protocolo e afirma que todos os casos de gripe devem ser tratados pelo sistema de saúde como se fossem casos de Covid-19. As determinações incluem o isolamento de 14 dias desta pessoa e de seus familiares.

Os médicos deverão fornecer atestados de saúde para afastamento tanto para os pacientes quanto para os familiares para que todos possam se isolar.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.