Descrição de chapéu Coronavírus

Reino Unido inclui asilos e é o 3º com maior número de mortes no mundo

Em relação à população, país chega a 38,4 mortos por 100 mil habitantes, atrás de Bélgica, Itália e Espanha

Bruxelas

O número de mortos por coronavírus no Reino Unido deu um salto nesta quarta (29), com a inclusão de pessoas que morreram em asilos ou residência por causa da Covid-19 (doença provocada pelo vírus).

Até terça, apenas mortes em hospitais eram contabilizadas.Com a inclusão dos novos casos, o país passa a 26.097 pessoas mortas com resultado positivo em teste para o coronavírus, o terceiro maior número do mundo, atrás dos EUA (60.757 mortes) e da Itália (27.682).

Em relação à população, são 38,4 mortes por 100 mil habitantes, atrás de Bélgica (64,7), Espanha (51,9) e Itália (41,8).

Desses, a Bélgica inclui além de mortes em asilos casos suspeitos ainda sem confirmação de contágio pelo coronavírus.
Militares em posto de teste para coronavírus, em Macclesfield, noroeste da Inglaterra
Militares em posto de teste para coronavírus, em Macclesfield, noroeste da Inglaterra - Paul Ellis/AFP

Nas 24 horas até as 17h de terça-feira, o número de mortes subiu para 765, incluindo as de casas de repouso.Segundo o governo, o rastreamento de todas as mortes por Covid-19 é vital para entender o impacto da doença e os dados mais completos permitirão calibrar melhor as medidas de prevenção da transmissão.

Embora tivesse prometido chegar a 100 mil testes por dia até o final de abril, o país fechou esta terça com 52.429. O governo diz já ter capacidade para mais de 70 mil testes por dia.

No total, foram feitos até agora 818.539 exames; 165.221 pessoas tiveram resultado positivo.

O Reino Unido foi um dos países europeus que mais tempo demorou para implantar um lockdown. A medida foi tomada em 23 de março, 18 dias depois do registro da primeira morte.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.