Neymar passa por avaliação e já pode tirar imobilização do pé

Jogador está no Rio de Janeiro em recuperação de cirurgia feita no começo de março

São Paulo | UOL

Neymar já pode tirar toda a imobilização do pé direito. A informação foi confirmada pelo PSG em comunicado médico emitido neste domingo (29) pelo clube.

O PSG explicou que Neymar passou por uma avaliação feita pelo representante do clube, Eric Rolland, e Rodrigo Lasmar, médico da seleção brasileira.​

 

"Neymar passou por uma avaliação médica no sábado (28) organizada no Brasil pelos médicos Eric Rolland e Rodrigo Lasmar. A avaliação confirmou uma evolução muito satisfatória das lesões no tornozelo e no pé direito do jogador permitindo a retirada da imobilização e a proteção. O resto da recuperação vai acontecer nos próximos dias no Brasil", diz o comunicado.

O clube francês quer o retorno do jogador a Paris para que inicie novamente os treinamentos com bola e assim complete sua recuperação de correção da fratura do quinto osso do metatarso do pé direito. Neymar não entra em campo desde 25 de fevereiro, quando sofreu a lesão em clássico pelo Campeonato Francês contra o Olympique de Marselha.

Neymar fraturou o quinto osso metatarso do pé direito no final do clássico do Paris Saint-Germain contra o Olympique de Marselha, válido pela 27ª rodada do Campeonato Francês, no fim de fevereiro. O atacante brasileiro saiu de campo chorado, carregado em uma maca. 

Em 3 de março, ele foi submetido a uma cirurgia no quinto metatarso do pé direito. A intervenção durou cerca de uma hora e 15 minutos e terminou sem imprevistos.

No dia seguinte, ele deixou o hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, de muletas. E seguiu para a sua mansão em Mangaratiba, município da costa verde fluminense, onde fez o processo de recuperação. 

No dia 17 de abril, em evento em São Paulo, Neymar afirmou que espera ser liberado para voltar aos gramados a partir do dia 17 de maio, data de seu último exame.

"Não tem previsão exata para voltar. O último exame é em 17 de maio, e aí, dependendo da evolução, estou liberado. Falo sempre com o Tite [técnico da seleção brasileira] e o Edu Gaspar [coordenador de seleções da CBF]. Vamos trocando informações. Estou evoluindo bem e espero voltar o mais rápido possível", disse Neymar.

"Pretendo chegar melhor do que eu estava. Claro que existem certas dúvidas, mas acho que é normal. Está sendo difícil ficar sem jogar e treinar. Muito ruim estar aqui vendo meu time jogar e ser campeão, queria estar com eles. Procuro chegar muito bem, estou me esforçando ao máximo, é um sonho Copa do Mundo, esperei quatro anos", afirmou o atleta do Paris Saint-Germain.

A previsão inicial do médico da seleção brasileira Rodrigo Lasmar, era de a recuperação de Neymar duraria de “dois meses e meio a três meses”.

A expectativa é que o atleta entre em campo algumas vezes antes de disputar a Copa do Mundo 2018 pela seleção brasileira, na Rússia. O técnico Tite espera contar com Neymar nos dois últimos amistosos antes do Mundial.

No dia 3 de junho, o Brasil enfrenta a Croácia, em Liverpool, na Inglaterra. No dia 10, antes da ida para a Rússia, a seleção encara a Áustria, em Viena. O time estreia na Copa no dia 17 de junho, contra a Suíça, em Rostov-do-Don.

Neymar ainda se recupera de lesão no pé direito
Neymar ainda se recupera de lesão no pé direito - Nelson Almeida/AFP
 
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.