Descrição de chapéu Copa do Mundo

Fifa não desiste de ter Copa com 48 seleções já no Qatar

Viabilidade está em tratativa com autoridades do país asiático

Diego Garcia Fábio Aleixo
Moscou

O presidente da Fifa Gianni Infantino afirmou nesta sexta-feira (13) que a entidade ainda não desistiu de contar com 48 seleções na Copa do Mundo do Qatar, em 2022.

As discussões estão em andamento com as autoridades do país asiático para ver a viabilidade. 

Tal proposta havia sido idealizada pela Conmebol antes do Congresso da Fifa em Moscou, mas não foi à votação no evento realizado antes do Mundial da Rússia.

Tudo porque antes de fazer o estudo de viabilidade era necessária esta conversa com os qatarianos. 

"Vamos discutir com os qatarianos e aí depois debater com todos os envolvidos. Há tempo e nenhuma decisão foi tomada. Até agora, a Copa tem 32 times. É muito cedo para começar a especular. Todos estão com a mente aberta e estamos fazendo a discussão", afirmou Infantino em entrevista coletiva em Moscou. 

"Temos um contrato com o Qatar [para Copa com 32 times] que é a base da nossa conversa. Ficaremos satisfeitos com 32 times. Mas se todo os envolvidos concordarem e se for positivo, todas as opções estarão na mesa", disse. 

A Copa do Qatar será realizada entre 21 de novembro e 18 de dezembro.

O interesse da Conmebol desde o início das discussões se justifica pelo fato de que, em um torneio com 48 seleções, seis dos dez times participantes das eliminatórias garantirão vaga no Mundial.

Hoje, este número é de quatro, com um a mais podendo entrar pela repescagem. Na Rússia, foram cinco, após o Peru desbancar a Nova Zelândia. 

Presidente da Fifa Gianni Infantino conversa com jornalistas durante coletiva de imprensa, nesta sexta (13), em Moscou
Presidente da Fifa Gianni Infantino conversa com jornalistas durante coletiva de imprensa, nesta sexta (13), em Moscou - Francisco Seco/Associated Press

Com 48 seleções, além de seis vagas para a Conmebol,  a divisão fica assim: Oceania (1), América do Norte, Central e Caribe (6), Ásia (8), África (9), Europa (16) e mais duas seleções saindo de um playoff de repescagem. 

A primeira Copa já garantida com 48 seleções é a de 2026, que será realizada no Canadá, Estados Unidos e México.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.