Vadão não garante retorno de Marta para jogo contra a Austrália

Camisa 10 não participou da vitória por 3 a 0 sobre a Jamaica na estreia da Copa

Grenoble

Cortada da estreia do Brasil na Copa do Mundo, a atacante Marta, 33, assistiu à vitória contra a Jamaica no banco de reservas. Segundo o técnico Vadão, por pedido da própria camisa 10.

"Ela queria ficar junto, queria vibrar", disse o treinador na entrevista coletiva após a partida em Grenobles.

Jogadora pediu ao treinador para acompanhar a partida contra a Jamaica do banco de reservas
Jogadora pediu ao treinador para acompanhar a partida contra a Jamaica do banco de reservas - Denis Balibouse/Reuters

Vadão, contudo, não confirmou a presença da jogadora no segundo compromisso da seleção no Mundial, que acontece na próxima quinta-feira (13), contra a Austrália, equipe que eliminou o Brasil na última edição da competição, em 2015.

"Quem escala a Marta hoje é o departamento médico. Espero o aval do médico e da preparação física", afirmou o técnico da seleção brasileira.

"Gostaria de ter utilizado ela hoje [domingo]. Vamos conversar com o DM e com a própria Marta para ver se tem condições. Espero que sim, mas aí passo a bola para o departamento médico. Posso falar alguma coisa e me equivocar", completou.

Próximos jogos da seleção no Mundial

Brasil x Austrália - quinta-feira (13), às 13h (de Brasília), em Montpellier
Brasil x Itália - terça-feira (18), às 16h (de Brasília), em Valenciennes

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.