Descrição de chapéu Futebol Internacional

Zagueiro disputa com Messi e Ronaldo prêmio de melhor do mundo

Goleiros da seleção estão na briga por troféu de melhor da posição

São Paulo

​A Fifa anunciou nesta segunda-feira (2), em evento realizado em Milão, os finalistas do prêmio “The Best”, que coroa os melhores jogadores do mundo. Dois brasileiros estão na briga pelo posto de melhor goleiro, e um zagueiro holandês disputa com Lionel Messi e Cristiano Ronaldo a posição de craque da temporada 2018/19.

O beque em questão é Virgil van Dijk, 28, peça importante do Liverpool campeão europeu. O jogador se destacou no ótimo ano do clube inglês e já superou Messi, 32, e Ronaldo, 34, no prêmio dado pela Uefa ao melhor jogador da Europa na temporada. Van Dijk (pronuncia-se van dêic) disputa pela primeira vez o troféu, recebido cinco vezes pelo atacante argentino do Barcelona e outras cinco pelo atacante português, hoje atleta da Juventus.

O zagueiro Virgil van Dijk é peça importante do Liverpool, campeão europeu - Phil Noble - 24.ago.19/Reuters

Desde a instituição do prêmio pela Fifa, em 1991, só dois zagueiros haviam sido indicados como finalistas nessa eleição. Paolo Maldini, do Milan e da seleção italiana, ficou em segundo lugar em 1994, aos 27 anos. Já o também italiano Fabio Cannavaro, impulsionado pela conquista da Copa do Mundo, levou o troféu de melhor em 2006, aos 33 anos, logo depois de trocar a Juventus pelo Real Madrid.

O nome do vencedor de 2018/19 será conhecido no próximo dia 23, no Teatro alla Scala, em Milão. Na cerimônia, haverá também uma premiação exclusiva para o melhor goleiro, com dois brasileiros entre os três finalistas. Alisson, 26, do Liverpool, e Ederson, 26, do Manchester City, disputam a honraria com o alemão Marc-André ter Stegen, 27, do Barcelona.

Já o técnico da seleção brasileira, Tite, 58, que aparecia na lista de dez semifinalistas, não está mais na disputa pelo prêmio de melhor treinador. Este ficará entre o espanhol Pep Guardiola, 48, do Manchester City, Jürgen Klopp, 52, do Liverpool, e Mauricio Pochettino, 47, do Tottenham.

No futebol feminino, houve grande influência da Copa do Mundo nas indicações. O prêmio de melhor comandante será disputado por um homem, Phil Neville, 42, da seleção inglesa, e duas mulheres, Jill Ellis, 52, da seleção norte-americana, e Sarina Wiegman, 49, da seleção holandesa.

O posto de melhor jogadora ficará com a inglesa Lucy Bronze, 27, do Lyon, com a norte-americana Alex Morgan, 30, do Orlando Pride ou com a norte-americana Megan Rapinoe, 34, do Reign. O prêmio de melhor goleira será disputado pela chilena Christiane Endler, 28, do Paris Saint-Germain, pela sueca Hedvig Lindahl, 36, do Chelsea, e pela holandesa Sari van Veenendaal, 29, do Atlético de Madrid.

Haverá ainda a entrega de mais dois troféus. Um deles é o Prêmio Puskás, dedicado ao gol mais bonito da temporada. Concorrem a ele Messi, o colombiano Juan Fernando Quintero, 26, do River Plate, e o húngaro Dániel Zsóri, 18, do Debrecen.

Já o Fifa Fan Award celebra um torcedor ou um grupo de torcedores marcante. Concorre nessa categoria a brasileira Silvia Grecco, que descreve os jogos do Palmeiras a seu filho cego. Os outros finalistas são o uruguaio Justo Sánchez, fã do Cerro que não perde um jogo do rival Rampla Juniors em memória do filho morto, e os fãs holandeses pela festa feita na Copa do Mundo feminina.

As premiações têm critérios diferentes. No caso dos melhores jogadores e treinadores, um painel de especialistas formado por ex-jogadores e técnicos definiu os dez semifinalistas, que passaram por um processo de votação popular e por uma eleição entre técnicos e capitães das seleções.

A categoria goleiro só teve votos de especialistas e agora passará por um novo painel de goleiros e atacantes. O Prêmio Puskás é definido por jogadores e técnicos. Já a premiação dedicada aos torcedores tem votação aberta no site da Fifa.

Confira os finalistas de todas as categorias:

Melhor jogador
Cristiano Ronaldo (Juventus/Portugal)
Lionel Messi (Barcelona/Argentina)
Virgil van Dijk (Holanda/Liverpool)

Melhor jogadora
Lucy Bronze (Lyon/Inglaterra)
Alex Morgan (Orlando Pride/Estados Unidos)
Megan Rapinoe (Reign FC/Estados Unidos)

Melhor treinador de futebol masculino
Pep Guardiola (Manchester City)
Jürgen Klopp (Liverpool)
Mauricio Pochettino (Tottenham Hotspur)

Melhor treinador de futebol feminino
Jill Ellis (Estados Unidos)
Phil Neville (Inglaterra)
Sarina Wiegman (Holanda)

Melhor goleiro
Alisson (Liverpool/Brasil)
Ederson (Manchester City/Brasil)
Marc-André ter Stegen (Barcelona/Alemanha)

Melhor goleira
Christiane Endler (Paris Saint-Germain/Chile)
Hedvig Lindahl (Chelsea/Wolfsburg/Suécia)
Sari van Veenendaal (Arsenal/Atlético de Madrid/Holanda)

Gol mais bonito
Lionel Messi (Barcelona) – Real Betis x Barcelona (17/3/19, Campeonato Espanhol)
Juan Fernando Quintero (River Plate) – River Plate x Racing (10/2/19, Campeonato Argentino)
Dániel Zsóri (Debrecen) – Debrecen x Ferencváros (16/2/19, Campeonato Húngaro)

Melhor torcedor
Silvia Grecco – brasileira que descreve os jogos do Palmeiras ao filho cego
Justo Sánchez – uruguaio que vai a jogos de time rival em memória do filho morto
Torcedores da Holanda – lembrados pela festa feita na Copa do Mundo feminino

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.