Descrição de chapéu Copa Libertadores 2020

Por coronavírus, Palmeiras e Santos podem jogar sem público no Paraguai

Conmebol confirma jogos da Libertadores com portões fechados no país

São Paulo

Por ordem do governo paraguaio, eventos com aglomeração no país, inclusive partidas de futebol, terão portões fechados em razão da epidemia mundial de coronavírus. A medida foi anunciada nesta terça-feira (10) e vale por pelo menos 15 dias.

Também nesta terça, a Associação Paraguaia de Futebol emitiu nota determinando a proibição da presença de público em suas competições até um novo anúncio.

Folha entrou em contato com a Conmebol para saber se a medida seria aplicada já nos próximos duelos da Libertadores. Palmeiras e Santos jogarão no país pela primeira fase da competição continental no mês de abril.

De acordo com a assessoria de imprensa da entidade, o torneio terá jogos sem público, inicialmente, apenas no Paraguai. A Conmebol “irá analisar cada caso e cumprir as decisões das autoridades de saúde locais”.

Pelo Grupo B, o Palmeiras vai até Assunção para enfrentar o Guaraní no próximo dia 8 de abril. O Santos jogará contra o Olimpia no dia 23 de abril, também na capital paraguaia.

Além de Guaraní e Olimpia, o Libertad é outro time do Paraguai na Libertadores deste ano. A equipe está no Grupo H e nesta noite, às 21h30 (horário de Brasília), receberá o Caracas (VEN). Segundo a Conmebol, está partida será realizada com portões abertos por não ter havido tempo hábil para cumprir a determinação do governo. ​

Até o momento, de acordo com o governo paraguaio, há a confirmação de cinco casos de pessoas infectadas com a doença.

O Paraguai é o primeiro país na América do Sul com veto ao torcedor no estádio de futebol por causa da doença, que já atinge mais de 90 países.

Na Champions League, pelo menos cinco jogos das oitavas de final terão portões fechados. O Barcelona anunciou nesta terça-feira que o duelo contra o Napoli, na próxima semana, não terá presença de público, assim como Bayern de Munique e Chelsea, Valencia e Atlanta, PSG e Borussia Dourtmund e Juventus e Lyon.

A LaLiga, organizadora do Campeonato Espanhol, informou na manhã desta terça que pelo menos as duas próximas rodadas não terão público.

Na Itália, os eventos esportivos, inclusive os jogos do Italiano, estão suspensos até o próximo dia 3 de abril. França e Portugal também anunciaram portões fechados para as suas competições.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.