Descrição de chapéu Futebol Internacional

Atacante do Tottenham, Son inicia serviço militar na Coreia do Sul

Jogador ficará três semanas com os fuzileiros navais como parte do serviço obrigatório

São Paulo

O atacante sul-coreano Son Heung-min, 27, do Tottenham, iniciou nesta segunda-feira (20) seu trabalho no Corpo de Fuzileiros Navais da Coreia do Sul, como parte do serviço militar obrigatório.

No país, o alistamento precisa ser feito até os 27 anos e os homens têm de servir por pelo menos dois.

O sul-coreano Son Heung-min, à direita de calça preta e boné, se apresentou ao serviço militar
O sul-coreano Son Heung-min, à direita de calça preta e boné, se apresentou ao serviço militar - Yonhap/AFP

Para jogadores de futebol e outros atletas, a realização de feitos consideráveis no esporte pode servir como isenção do serviço militar. Foi o caso de Son, que conquistou os Jogos Asiáticos de 2018 com a seleção e, por isso, não precisará servir o período completo.

Contudo, apesar da condição especial do atacante, é necessário cumprir ao menos três semanas, tempo que o jogador do Tottenham ficará no centro de treinamento dos fuzileiros navais.

A programação de Son era se apresentar ao serviço apenas no verão europeu, isto é, ao término da temporada. No entanto, a paralisação do futebol por conta da pandemia do coronavírus forçou o sul-coreano a realizar o trabalho antecipadamente.

O clube inglês espera pelo retorno de seu atleta até o fim de maio.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.