São Paulo empata com o Inter e chega a cinco jogos sem vencer

Equipe paulista teve um jogador a mais em campo por mais de 30 minutos

São Paulo

O São Paulo criou mais chances para marcar e controlou o jogo. Teve por mais de 30 minutos um atleta a mais em campo. Mesmo assim, não conseguiu derrotar o Internacional neste sábado (26), em Porto Alegre.

A igualdade em 1 a 1 pelo Campeonato Brasileiro fez a equipe paulista completar cinco partidas sem vencer. No período, foram quatro empates e uma derrota.

O árbitro Marcelo de Lima Henrique mostra cartão vermelho para Zé Gabriel, do Internacional
O árbitro Marcelo de Lima Henrique mostra cartão vermelho para Zé Gabriel, do Internacional - Diego Vara/Reuters

Na quinta-feira (1º), o São Paulo terá confronto decisivo pela Libertadores. Se não vencer o River Plate em Buenos Aires ficará em situação muito complicada no torneio sul-americano.

O Internacional chegou aos 21 pontos e está na 2ª posição da tabela. Ficou a três do líder Atlético-MG, que venceu o Grêmio por 3 a 1 também neste sábado. O São Paulo está com 19.

O primeiro tempo foi intenso, com maior posse de bola dos comandados de Fernando Diniz, que encontraram espaços para chegar ao gol adversário. Mas donos da casa tinham o meia Thiago Galhardo, artilheiro do Brasileiro. Ele anotou seu nono gol na competição, em uma cabeçada aos 19 minutos.

Quando colocou pressão na saída de bola, os gaúchos impuseram dificuldades ao rival. Isso nem sempre aconteceu. O São Paulo encontrou buracos na marcação pelas laterais e poderia ter empatado aos 23, em cruzamento de Igor Ramos. Se tivesse mergulhado para cabecear, Pablo poderia ter anotado. Mas o atacante pareceu ter ficado com receio da dividida com o zagueiro e desperdiçou a oportunidade.

A bola continuava rondando a área da defesa do Inter, apesar disso. E Luciano teve um momento de oportunismo para igualar o placar, aos 25 minutos, após completar finalização de Pablo.

Contratado na segunda quinzena de agosto deste ano, Luciano chegou aos cinco gols pelo São Paulo e já é o terceiro maior artilheiro da equipe na temporada. Está atrás apenas de Pablo (sete) e Daniel Alves (seis).

Os visitantes aumentaram o domínio na etapa complementar, a começar pela chance perdida por Tchê Tchê aos dois minutos. Marcelo Lomba fez grande defesa, cena que se repetiria durante 45 minutos finais.

O Internacional se conformou apenas em se defender a partir dos 14 minutos da segunda etapa, quando Zé Gabriel foi expulso por falta violenta em Igor Gomes. Sem saída, o técnico argentino Eduardo Coudet fez mudanças para congestionar o meio de campo e impedir o toque de bola do rival.

Apesar da vantagem numérica, o São Paulo conseguiu sufocar apenas nos minutos finais, quando Lomba impediu que Gomes e Daniel Alves, que voltou ao time depois de sete jogos, fizessem o gol da vitória.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.