Descrição de chapéu Campeonato Brasileiro 2020

Gabigol faz dois, e Flamengo goleia Santos pelo Brasileiro

Equipe paulista poupou jogadores para confronto contra o Grêmio na Libertadores

São Paulo

Na volta de Gabigol, o Flamengo goleou o Santos por 4 a 1 na tarde deste domingo (13), no Maracanã. A partida foi válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Poupado dos duelos contra o Botafogo, pelo Nacional, e o Racing, pela Libertadores, o camisa 9 marcou dois gols em cobrança de pênaltis.

Com o resultado, o time do técnico Rogério Ceni chega aos 45 pontos e segue na cola dos primeiros colocados da competição, enquanto os santistas ficam com 38 pontos.

Gabigol marca duas vezes na vitória do Flamengo sobre o Santos - Alexandre Loureiro - 13.dez.2020/Reuters

Em meio à decisão com o Grêmio pelas quartas de final da Copa Libertadores, o técnico do Santos, Cuca, assumiu o risco de mandar a campo uma formação praticamente toda reserva —exceto pelo goleiro João Paulo—, com média de idade de 22 anos.

O Flamengo, com força máxima, tomou conta das ações no primeiro tempo e povoou o campo de defesa dos santistas, que suportaram a pressão até os 41 minutos. O time rubro-negro conseguiu abrir o placar na base do bate e rebate na área. Após cobrança de escanteio, Rodrigo Caio desviou, e Natan chutou no travessão. Na sobra, Gerson completou de cabeça para o gol.

Na etapa final, o Flamengo conseguiu destravar a porteira e, com ajuda de erros dos santistas, anotou dois gols em dez minutos. O zagueiro Alex puxou a camisa de Arrascaeta na área, e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Gabigol mandou no canto esquerdo do goleiro João Paulo, que saltou para o lado oposto.

Aos 12 minutos, o atacante Bruno Henrique passou pela marcação santista com facilidade e cruzou na área. O goleiro João Paulo fez defesa parcial, e a bola sobrou para Filipe Luís chutar para o gol.

Com os santistas entregues e acuados, o clube carioca conseguiu imprimir aquele ritmo elétrico da temporada de 2019 e quase ampliou com Pedro, que havia acabado de entrar e errou uma cavadinha frente a frente com o goleiro santista.

Em seguida, num lance parecido, Everton Ribeiro tentou driblar João Paulo e foi derrubado. Novo pênalti, aos 22, e Gabigol repetiu o movimento da primeira cobrança para ampliar.

Diante da goleada, Cuca fez duas mudanças na equipe —tirou Alison e Marcos Leonardo e mandou a campo Bruninho e Guilherme Nunes. Em seu primeiro lance, Bruninho completou de cabeça um cruzamento de Madson e diminuiu para o Santos, aos 29.

O gol não indicava nenhuma mudança de cenário. Pepê e Gabigol perderam mais chances de gols nos minutos finais. Aos 38, o primeiro mandou a bola no travessão. Na jogada seguinte, o atacante passou pelos santistas na área e só rolou para o artilheiro do dia, que mandou por cima do gol de João Paulo.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.