Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
03/05/2007 - 16h09

Câmara instala CPI do Apagão Aéreo e começa escolha de presidente

Publicidade

GABRIELA GUERREIRO
da Folha Online, em Brasília

A Câmara instalou nesta quinta-feira a CPI do Apagão para investigar a crise no setor aéreo. Os parlamentares ainda estão escolhendo o nome do deputado que irá presidir os trabalhos.

A oposição indicou o deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP) para a presidência da CPI do Apagão Aéreo na Câmara. O tucano foi o autor do requerimento que pede a instalação da comissão na Casa. A candidatura de protesto tem como vice-presidente Vic Pires Franco (DEM-PA).

Na sessão para instalação dos trabalhos da CPI, Macris fez um apelo para que os partidos de oposição ficassem com a relatoria da comissão.

"Essa é a única maneira democrática de realizarmos os trabalhos. Queremos ver a CPI funcionar de maneira diferente de quando o governo rechaçou no plenário da Câmara as investigações", afirmou o tucano.

O PMDB indicou Marcelo Castro (PI) para a presidência da comissão e Eduardo Cunha (RJ) para vice-presidente. E o PT indicou Marco Maia (RS) para assumir a relatoria.

Em tese, as indicações precisam ser aprovados pelo plenário do conselho. Mas como a base tem maioria, todas as indicações devem ser aceitas.

Como candidato dos governistas, Castro prometeu trabalhar de forma imparcial, sem favorecer o Palácio dos Planalto nas investigações.

"O regime democrático não pode massacrar nem desprezar a minoria. Acredito que o bloco do governo tem essa compreensão da CPI. Queremos conduzir os trabalhos com toda a imparcialidade e transparência", afirmou Castro.

A sessão para a instalação da CPI do Apagão está sendo presidida pelo deputado Paes Landim (PTB-PI).

Leia mais
  • PMDB indica para CPI do Apagão deputado que criticou Lula
  • Relator diz que CPI do Apagão Aéreo não será "chapa-branca"
  • PMDB e PT indicam nomes para a presidência e relatoria da CPI do Apagão Aéreo
  • Bispos criticam uso de CPIs para disputas político-partidárias
  • Líder do PT recorre ao Planalto para escolher membros da CPI do Apagão
  • Para evitar desgaste, PMDB entrega para PT a relatoria da CPI do Apagão Aéreo

    Especial
  • Leia mais sobre a CPI do Apagão
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página