Descrição de chapéu Cinema

Lucia Bosè, atriz italiana que encantou Fellini e Antonioni, morre aos 89 anos

Italiana morava na Espanha e teve uma pneumonia, segundo a imprensa do país

Madri | AFP

A atriz italiana Lucia Bosè, conhecida por seus trabalhos em filmes de importantes diretores —entre eles, Michelangelo Antonioni, Luis Buñuel e Federico Fellini, morreu nesta segunda-feira (23) na Espanha, aos 89 anos.

"Queridos amigos, comunico que minha mãe, Lucia Bosè, acaba de falecer. Ela já está no melhor dos lugares", escreveu o filho da atriz , Miguel Bosè, em suas redes sociais.

Lucia Bosè em "Crônica de um Amor"
Lucia Bosè em "Crônica de um Amor", de Michelangelo Antonioni - Reprodução

De acordo com a imprensa espanhola, Bosè morreu em Segóvia, cidade cerca de cem quilômetros ao norte de Madri, após uma pneumonia. Mas não há, a princípio, ligação com a pandemia do novo coronavírus.

Atriz e modelo, Lucia Bosè nasceu em Milão em 1931 e foi Miss Itália em 1947.

Com menos de 20 anos, atuou em "Crônica de um Amor", de 1950, longa de Antonioni, com quem voltou a trabalhar em "A Dama sem Camélias", de 1953.

O ano de 1955 foi um marco em sua carreira, com seus papéis em "A Morte de um Ciclista", dirigido por Juan Antonio Bardem, e em "Assim É a Aurora", de Luis Buñuel.

Nesse mesmo ano, casou-se com o toureiro espanhol Luis Miguel Dominguín, com quem teve três filhos, o cantor Miguel Bosé, a empresária Lucia Bosè e a atriz e estilista Paola Dominguín.

Durante seu casamento, a atriz parou sua carreira, mas retomou as atividades no cinema em 1967, após o seu divórcio.

Nessa época, ela trabalhou ainda com diretores de renome como Mauro Bolognini, em "Metello, um Homem de Muitos Amores", de 1970, e Federico Fellini, em "Satyricon de Fellini", de 1969.

Lucia Bosè, em 2013, em evento em Las Vegas
Lucia Bosè, em 2013, em evento em Las Vegas - Jason Merritt/Getty Images/AFP
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.