Descrição de chapéu Artes Cênicas

Jô Soares ensaiava a sua despedida do teatro dias antes da chegada da morte

Humorista daria adeus aos palcos em setembro com 'Gaslight - Uma Relação Tóxica', peça que deu origem ao termo 'gaslighting'

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Bruno Cavalcanti
São Paulo

O ator, diretor, dramaturgo e humorista Jô Soares, morto nesta sexta-feira aos 84 anos, preparava para setembro seu retorno ao teatro com a estreia de "Gaslight - Uma Relação Tóxica".

A peça marcaria o retorno de Jô aos palcos, quatro anos após dirigir e coestrelar a montagem de "A Noite de 16 de Janeiro", e também sua despedida do teatro.

Retrato de Jô Soares no palco do teatro Tuca, onde ele apresentou sua última peça, 'A Noite de 16 de Janeiro'
Retrato de Jô Soares no palco do teatro Tuca, onde ele apresentou uma de suas últimas peças, 'A Noite de 16 de Janeiro' - 2.mai.18/Adriano Vizoni/Folhapress

A peça, escrita pelo britânico Patrick Hamilton, retrata um homem que mantém o controle sobre sua mulher fazendo com que ela duvide de sua própria sanidade ao abaixar as luzes da casa e negar qualquer alteração no entorno.

Adaptada para o cinema em 1940 sob a direção de Thorold Dickinson, a obra, originalmente intitulada "Gas Light", deu origem ao termo "gaslighting" —usado para denominar a ação de um agressor que faz com que sua vítima passe a duvidar de si mesma e de sua sanidade.

A previsão era de que o espetáculo chegasse ao teatro Procópio Ferreira no dia 9 de setembro, com Erica Montanheiro e Giovani Tozi no elenco.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.